FANDOM


Link
Link Artwork 1 (Twilight Princess)
Arte de Link de Twilight Princess
Primeira Aparição The Legend of Zelda (1987)
Aparece em The Legend of Zelda
The Adventure of Link
A Link to the Past
Link's Awakening
Ocarina of Time
Majora's Mask
Oracle of Ages
Oracle of Seasons
Four Swords
The Wind Waker
Four Swords Adventures
The Minish Cap
Twilight Princess
Phantom Hourglass
Spirit Tracks
Skyward Sword
A Link Between Worlds
Tri Force Heroes
Título(s) (The Legend of Zelda)
Herói de Hyrule
(A Link to the Past)
Herói Lendário
(Link's Awakening)
LADRÃO
(Ocarina of Time)
Herói do Tempo
Irmão Jurado dos Gorons
(Majora's Mask)
Gafanhoto
Mestre das Irmãs Rosa
(Oracle of Ages)
Herói das Essências do Tempo e da Natureza
(Oracle of Seasons)
Herói das Essências do Tempo e da Natureza
(The Wind Waker)
Herói dos Ventos
Acordador dos Ventos
Escudeiro
Cavaleiro
Espadachim
(Twilight Princess)
Herói Escolhido pelos Deuses
Fera de Olhos Azuis
Sombra do Herói
(Phantom Hourglass)
Herói Escolhido pelo Rei do Oceano
Aprendiz de Herói
Metade de um herói
Dois Terços de um Herói
Goro-Link
(Spirit Tracks)
Engenheiro Real
(Skyward Sword)
O Herói Escolhido da Deusa
Cavaleiro da Deusa
Herói da Lenda
(A Link Between Worlds)
Herói de Hyrule
Sexo Masculino
Terra Natal Hyrule
(Skyward Sword)
O Céu
Parentes (A Link to the Past)
Tio
(Ocarina of Time)
Mãe Falecida
Darunia (irmão jurado)
(The Wind Waker)
Aryll (irmã)
Avó
(The Minish Cap)
Smith (avô)
Raça Hyliano
Forma Alternativa(s) (The Adventure of Link)
Fada
(A Link to the Past)
Coelho
(Majora's Mask)
Link Deku
Link Goron
Link Zora
Divindade Feroz
Tamanho Gigante
(Oracle of Ages)
Bebê
Like Like
Moblin
Octorok
Subrosiano
(Oracle of Seasons)
Like Like
Moblin
Octorok
Subrosiano
(Four Swords)
Pequeno
(The Minish Cap)
Minish Sized
(Twilight Princess)
Lobo
Idade Aproximadamente 9-19 (varia entre os jogos)
Afiliação (Ocarina of Time)
Kokiri
Gerudo (Honorary Membership)
(Majora's Mask)
Bombers Secret Society of Justice
(Four Swords Adventures)
Seeker's Guild
"Mas então, quando toda a esperança havia acabado, e o fim parecia iminente... um jovem garoto de vestes verdes apareceu como que do nada. Empunhando uma lâmina que bania o mal, ele aprisionou o ser das trevas e trouxe à luz de volta à terra."
Prólogo de The Wind Waker

Link (リンク Rinku?, Hylian LHylian IHylian NHylian K) é o protagonista da série Legend of Zelda. Ele é geralmente retratado como um corajoso garoto ou adolescente com uma vestimenta verde, o qual abandona sua casa e seus parentes para perseguir o seu destino: lutar contra as forças do mal que ameaçam a terra. Ao longo de sua aventura, Link derrota legiões de monstros do mal, explora vastas terras, ajuda a qualquer um que ele encontre em dificuldades, percorre masmorras mortais, e coleta itens míticos enquanto prossegue sua busca por justiça e paz. No final, ele ganha a o poder necessário para impedir seu principal inimigo e torna-se um herói lendário. Ele é considerado um personagem icônico dos vídeo games e o próprio símbolo da franquia Zelda, e continua sendo um dos protagonistas mais populares dos vídeo games.

Atritbutos

Aparência

As características físicas de Link variam de jogo para jogo, embora ele geralmente tenha o cabelo claro (que vão do marrom ao loiro, e até mesmo laranja), olhos azuis, e uma estatura mediana. Outros personagens, por vezes, consideram ele como alguém bonito. É improvável que a idade de Link ultrapasse dezenove anos em qualquer ponto na série até agora. Em muitos jogos da série, Link é o portador da Triforce da Coragem. Vários jogos mencionam uma marca da Triforce na mão esquerda de Link, a qual o identifica como um herói escolhido ou o detentor da Triforce da Coragem. Encarnações adolescentes de Link possuem físicos bem construídos enquanto as versões mais jovens dele são, pelo menos, de tamanho moderado. É mostrado que o Link é, no mínimo, da mesma altura que os Hylianss normais em torno de sua idade (com exceção do Link de Twilight Princess, que parece ser menor do que a maioria dos Hylianos próximos da sua idade).

Curiosamente, Link possui uma semelhança com o Peter Pan, já que ambos são parecidos com elfos, usam roupa verde, lutam com espadas, e são por vezes acompanhados por uma Fada. Link também luta contra sua sombra em alguns jogos, como o Link das Trevas ou o Link das Sombras, assim como Peter. Surpreendentemente, Shigeru Miyamoto, o criador da série Legend of Zelda, afirmou que ele usou Peter Pan como um pouco de inspiração para o projeto de Link em The Legend of Zelda.

Personalidade

Uma peculiaridade de Link, bem como de outros personagens, é as várias encarnações diferentes ao longo da série Legend of Zelda. Está implícito que ele é um pouco sonolento ou preguiçoso, já que em algum ponto próximo ao início de cada jogo, com exceção dos dois primeiros, ele está dormindo ou cochilando.

Como Link não costuma ser mostrado falando, sua personalidade é determinada principalmente por suas ações ou comentários dos outros sobre ele. É mostrado que o Link possui características básicas encontradas em um personagem heroico; bravura, altruísmo, compaixão, sabedoria e bondade. Ele até mesmo salva outros que anteriormente eram seus inimigos. Estas características (juntamente com a sua pureza) o permite empunhar a Triforce completa em alguns dos jogos sem nenhum problema.

Ele também é leal para com os mais próximos a ele. Isto é frequentemente mostrado em cada série, como muitas vezes ele protege Zelda e outros de qualquer mal que os ameaça.

Habilidades

Em cada uma de suas aventuras, Link cresce para se tornar proficiente com a Espada, sua principal forma de ataque. Ele empunha sua espada na mão esquerda na maioria dos jogos (embora existam exceções). A Espada Mestra, uma lâmina lendária que Link empunha ao longo de várias aventuras, tornou-se um sinônimo da série como o próprio Link. Link também é extremamente habilidoso com uma grande variedade de instrumentos musicais mágicos, sendo capaz de usá-los imediatamente após os obter. Isso também se estende aos seus outros itens e armas na série. Com as suas habilidades e suas armas, Link geralmente torna-se forte o suficiente para derrotar todos os inimigos que o ameaçam. Ele também é muito inteligente, já que ele pode rapidamente entender a mecânica complexa por trás das coisas ou descobrir o ponto fraco do adversário para usar contra ele.

Em algumas de suas aventuras, Link é mostrado como tendo certo grau de aptidão com combate corpo a corpo (como a luta de sumô de Gorons em Twilight Princess), bem como um grau de força sobre-humana (levantar objetos e seres pesados, como o sabre de Koloktos, e os balançar sem nenhum problema em Skyward Sword); no entanto, ele é algumas vezes retratado como alguém completamente indefeso, sem uma espada ou outra arma, como mostrado em Wind Waker: quando ele perde sua espada na Fortaleza Abandonada, ele dependeu de sua furtividade e das armas dos inimigos para passar, e se ele for visto, ele se rende sem lutar. Isso pode ser explicado pelo fato de que o Link em Wind Waker (assim como algumas outras encarnações dele) era uma pequena criança, enquanto que os de The Adventure of Link, Ocarina Of Time (na segunda metade da história), Twilight Princess e Skyward Sword já estavam na adolescência e, portanto, mais fortes e mais hábeis do que as suas contrapartes pré-adolescentes. Um bom exemplo desta comparação seria como Link era incapaz de derrotar Bubbles no jogo original, mas pode os derrotar em The Adventure of Link.

Algumas encarnações de Link também podem usar magia, como as de The Adventure of Link, A Link to the Past e Ocarina of Time demonstraram.

Aparições

Aviso de Spoiler: Detalhes sobre o enredo e/ou do final a seguir:

The Legend of Zelda

Link Artwork (The Legend of Zelda)

Como escrito em Hyrule Historia, o Link em The Legend of Zelda e The Adventure of Link é cronologicamente o terceiro link na Linha do Tempo do Herói Caído.

Link é um herói convocado por Impa, a babá real, para salvar a Princesa Zelda do maligno Príncipe das Trevas, Gannon, que está buscando os fragmentos da Triforce da Sabedoria. Link encontra os pedaços antes de Gannon, e no final, destrói o vilão com uma Flecha de Prata, salvando Zelda. As características e a história de Link não recebem muitas explicações no jogo, embora o Prólogo o descreva como "Queimando com um senso de Justiça."

Zelda II: The Adventure of Link

Link (The Adventure of Link)

Sendo uma sequência situada alguns anos após o jogo original, The Adventure of Link apresenta o mesmo Link de The Legend of Zelda.

Link está agora com quinze anos de idade, se aproximando de seu décimo sexto aniversário. Embora Ganon tenha sido morto, seu exército de monstros permanece ativo por toda Hyrule. Eles planejam reviver Ganon por derramar o sangue de seu assassino, Link, em suas cinzas. Impa encontrou uma marca da Triforce na mão do Link quando ele se aproximava de seu décimo sexto aniversário, e explica que ele é o herói escolhido para despertar uma antiga Princesa Zelda da maldição que a pôs em sono eterno por buscar a Triforce da Coragem.

Link coloca um cristal em cada um dos seis palácios de Hyrule, como também derrota os monstros de Ganon. Ele então ganha acesso ao Grande Palácio, onde um misterioso velho aparece na frente dele. Provavelmente para servir como um teste final para Link, o velho invoca o Link das Trevas e faz Link lutar contra ele. Depois de derrotar a sua contraparte das trevas, o velho reaparece e link recebe a Triforce da Coragem. Link então usa a Triforce completa para despertar a princesa Zelda. Após Link despertar Zelda, ela então o agradece, como também o chama de "um verdadeiro herói" por salvar Hyrule. As cortinas então descem lentamente com Zelda aparentemente abraçando Link.

The Legend of Zelda: A Link to the Past

Link Artwork 1 (A Link to the Past)

Como escrito em Hyrule Historia, o Link em A Link to the PastLink's AwakeningOracle of Seasons, e Oracle of Ages é cronologicamente o primeiro Link na Linha do Tempo do Herói Caído.

Link vive com seu tio em uma casa próxima ao Castelo de Hyrule. Uma noite, Link recebe uma mensagem telepática da Princesa Zelda enquanto dormia; a princesa afirma estar trancada nas masmorras do castelo. Link desperta para encontrar seu tio se preparando para ir em auxílio de Zelda, e ele diz a Link para permanecer em sua cama. No entanto, após a partida de seu tio, Link ignora a seu ordem e o segue até o Castelo de Hyrule. Seguindo os conselhos da Princesa Zelda, Link encontra uma entrada escondida que leva para dentro do castelo. Dentro da passagem, ele encontra seu tio, que foi mortalmente ferido em batalha. Em seus momentos finais, o tio de Link pede a ele para salvar Zelda de sua prisão, dando-lhe uma espada e um escudo, bem como o ensina o Ataque Circular, antes dele morrer. Link percorre o castelo e resgata Zelda de sua cela, e os dois fazem sua fuga através de uma passagem secreta que conectava os esgotos do castelo ao Santuário.

O Sábio Leal que reside no Santuário conta a Link sobre Agahnim, um malvado feiticeiro que usurpou o trono, e os planos para quebrar um selo feito centenas de anos atrás pelos Sete Sábios. O selo foi colocado para aprisionar Ganon, o Rei dos Ladrões, no Mundo das Trevas, o qual já foi o Reino Sagrado antes de Ganon invadir, obter a lendária Triforce, e usar seu poder para transformar o reino em uma terra de escuridão. Agahnim pretende quebrar o selo, enviando as Sete Donzelas, as descendentes dos Sete Sábios que fizeram o selo, para o Mundo das Trevas, permitindo a Ganon se libertar e completar seu plano para governar ambos os mundos. A única coisa que pode derrotar Agahnim é a Espada Mestra, uma espada forjada para combater o mal. Para provar que ele é digno de a empunhar, Link precisa dos três Pingentes da Virtude.

Com a ajuda de Sahasrahla, o ancião do Vilarejo Kakariko, Link é capaz de recuperar todos os três pingentes, e os leva para o lugar de descanso da Espada Mestra e é capaz de a puxar de seu pedestal. Após obter a espada, Sahasrahla o contata e diz a ele para ir até o Castelo de Hyrule e usar o poder da espada para quebrar a barreira colocada em torno da torre do castelo, a qual serve como fortaleza para Agahnim. No caminho para o castelo, Link é contatado por Zelda novamente, que lhe diz que Guardas de Hyrule atacaram o Santuário. Link chega ao Santuário momentos após os soldados terem partido, e descobre com o sábio à beira da morte que Zelda foi levada para a Torre do Castelo de Hyrule. Link vai para resgatá-la, mas ele chega tarde demais para impedir Agahnim de enviar Zelda para o Mundo das Trevas. Após Agahnim ser derrotado na batalha que se seguiu, ele envia o Link para o Mundo das Trevas também.

Para impedir Ganon e salvar Hyrule, Link deve resgatar as Sete donzelas de masmorras espalhadas por todo o Mundo das Trevas. Uma vez que as Sete donzelas são liberadas, elas usam seu poder para quebrar a barreira que cerca a Torre de Ganon, onde Link enfrenta Agahnim novamente. Após o herói derrotar Agahnim pela segunda vez, Ganon se levanta do corpo de Agahnim, se transforma em um morcego, e voa para longe. Link o persegue, finalmente o confrontando dentro da Pirâmide no Mundo das Trevas. Depois de uma batalha, resultando na morte de Ganon, Link toca a Triforce, e deseja que Hyrule seja restaurada ao seu estado anterior. Com a paz restaurada para a terra e seu tio restaurado à vida, Link retorna a Espada Mestra para seu lugar de descanso no Bosque Perdido. Este Link parece ter se tornado íntimo com Zelda mais tarde, como sugerido no jogos Oracle e A Link Between Worlds.

The Legend of Zelda: Link's Awakening

Link Artwork 1 (Link's Awakening)

Link's Awakening é o primeiro jogo a se passar fora de Hyrule e a o enredo principal enredo não envolver a Triforce e Ganon. Link está viajando a bordo de um navio, através do oceano em direção a destinos desconhecidos, quando começa uma violenta tempestade, deixando-o Naufragado. O herói acorda na casa de sua salvadora, uma jovem chamada Marin, a quem ele inicialmente confunde com a Princesa Zelda. Marin explica a Link que ele foi abandonado na Ilha Koholint. Link recebeu seu escudo do pai de Marin, Tarin, e prossegue para recuperar sua espada na praia onde ele foi arrastado pelo mar. Uma coruja então aparece, contando a Link sobre os perigos da ilha e instruindo-o a procurar os oito Instrumentos das Sereias, os quais permitiram ao Link acordar o enigmático Peixe Voador e deixar a ilha. Os instrumentos estão contidos em oito masmorras da ilha e são guardados por Pesadelos, seres do mal que procuram impedir o despertar do Peixe Voador.

Em sua missão para recuperar os instrumentos, Link explora toda a ilha, através de florestas, desertos e montanhas, recebendo ajuda da Coruja pelo caminho. Além disso, Marin se junta a Link em sua missão por um tempo, e eles desenvolvem um relacionamento romântico implícito. Em um santuário oriental, Link descobre um pintura na qual está escrito a verdade sobre a Ilha Koholint: a ilha e todos os seus habitantes são apenas um sonho do Peixe Voador, e caso ele seja despertado, eles deixarão de existir. Para continuar o sono do Peixe Voador e assim estabelecer o controle sobre a Ilha Koholint indefinidamente, os Pesadelos começaram a tentar dissuadir Link de despertar a divindade, dizendo-lhe que como ele também estava no sonho, também seria apagado da existência se o Peixe Voador acordasse.

Após recolher todos os oito Instrumentos das Sereias, Link fica diante do Ovo do Peixe Voador no Monte Tamaranch, e tocou a "Balada do Peixe Voador", que ele havia aprendido com Marin, com sua Ocarina. Dentro do ovo, Link luta com as muitas formas de DethI, o líder dos Pesadelos. Após derrotar seu inimigo, Link é agradecido pela coruja e recebido pela Peixe Voador, o qual o pede para tocar a "Balada do Peixe Voador" mais uma vez. Fazendo isso, termina o sonho de Koholint, fazendo com que a ilha e todos os seus habitantes desapareçam. Link desperta agarrado a um pedaço de seu navio naufragado no meio do oceano, e sorri quando ele vê o Peixe Voador no céu. Não se sabe o que aconteceu com o Link depois disso, já que ele não possuía mais um navio para navegar. Foi sugerido em A Link Between Worlds que ele acabou retornando para Hyrule.

Hyrule Historia afirma que o Link nesta aventura é o mesmo link de A Link to the Past e da série Oracle. Embora o site Japonês de Link's Awakening afirma que é a sequência de A Link to the Past, no final dos jogos Oracle, Link é visto saindo de um navio semelhante ao que ele começa em Link's Awakening, tornando este um possível retcon da linha do tempo, ou é possível que os jogos Oracle acontecem entre "A Link to the Past" e "Link's Awakening". O manual de Link's Awakening afirma que o Link havia recentemente derrotado Ganon, embora isso ocorra em muitos jogos, incluindo em A Link to the Past e em um jogo vinculado de Oracle.

The Legend of Zelda: Ocarina of Time

Como escrito em Hyrule Historia, o Link em Ocarina of Time e Majora's Mask é cronologicamente o quarto Link na Linha do Tempo Unificada e o primeiro Link na Linha do Tempo Infantil.

Link nasceu durante a Guerra Civil Hyruleana, e foi deixado na Floresta Kokiri, por sua mãe à beira da morte, em uma tentativa de poupá-lo da violência generalizada. A partir de então, Link é cuidada pela Grande Árvore Deku, o qual cria a criança Hyliana como um Kokiri, para assim ele se encaixar com seus companheiros. No entanto, como Link não possui uma fada como os outros Kokiri, ele é sempre considerado um forasteiro, especialmente aos olhos de Mido, o auto-nomeado "Chefe dos Kokiri".

Quando Link é uma criança, o Rei Gerudo Ganondorf coloca uma maldição sobre a Grande Árvore Deku em vingança pelo guardião ter se recusado a entregar a Pedra Espiritual da Floresta. A Grande Árvore Deku enviou a fada Navi até Link, a qual serve como Fada Companheira do menino durante todo o jogo. Com a orientação de Navi, Link adquire uma espada e um escudo e derrota a Rainha Gohma, um monstro parasítico colocado dentro da Grande Árvore Deku por Ganondorf. Com sua saúde afetada pela maldição de Ganondorf, a Grande Árvore Deku concede a Pedra Espiritual ao Link antes de sua morte, passando ao menino a missão de viajar até o Castelo de Hyrule e falar com a Princesa Zelda. Ao sair da floresta, a amiga de infância de Link, Saria, dá a ele a Ocarina das Fadas, com a qual ele pode tocar as várias músicas que ele aprende em suas viagens. Ao alcançar a Princesa Zelda dentro do Castelo de Hyrule, a princesa conta a Link sobre os planos malignos de Ganondorf para tomar Hyrule, e encarrega Link de encontrar as Pedras Espirituais do Fogo e da Água.

Link Artwork 1 (Ocarina of Time)

Link recupera as duas Pedras Espirituais restantes, ajudando os Gorons e os Zoras, os quais o protegeram no processo, e partiu para a Cidade do Castelo de Hyrule para colocá-las no Templo do Tempo. Fora da cidade, ele encontra Zelda e Impa enquanto elas fogem de Ganondorf, o qual tomou o Castelo de Hyrule. Zelda consegue atirar para o Link a Ocarina do Tempo enquanto ela fugia, a qual ele usa em conjunto com as três Pedras Espirituais e a "Canção do Tempo" para abrir a Porta do Tempo, revelando a Espada Mestra, a qual ele puxa do Pedestal do Tempo. No entanto, ao fazer isso, Link é selado dentro do Reino Sagrado durante sete anos, já que em sua forma atual, ele foi julgado como incapaz de salvar Hyrule como o Herói do Tempo.

Link (Ocarina of Time)

Link desperta para descobrir que ele está com dezessete anos, tendo envelhecido sete anos na segurança do Templo da Luz dentro do Reino Sagrado, enquanto Ganondorf tocou a Triforce e estendeu seu reino sobre toda a Hyrule. Rauru, o Sábio da Luz, informa a Link sobre a conquista de Hyrule, e o instrui a encontrar os outras cinco sábios. Link atravessa cinco templos a fim de resgatar os sábios e despertar o poder dentro deles. Eles são Saria, a Sábia da Floresta; Darunia, o Sábio do Fogo; a Princesa Ruto, a Sábia da Água; Impa, a Sábia das Sombras; e Nabooru, a Sábia de Espírito. Com estes cinco sábios despertados, a Princesa Zelda revela-se para Link como o sétimo sábio, mas acaba sendo capturada por Ganondorf. Ajudado pelo poder dos sábios restantes, Link é capaz de entrar no Castelo de Ganon e percorrer até suas profundezas. Ele derrota a Forma Gerudo do Rei do Mal e sua monstruosa transformação em Ganon, liberando Hyrule e a Princesa Zelda. A princesa então envia o link de volta no tempo para recuperar seus sete anos perdidos.

The Legend of Zelda: Majora's Mask

Link Artwork 1 (Majora's Mask)

Tendo sido retornado à sua infância pela Princesa Zelda no final de Ocarina of Time, Link vai em uma busca de um "amigo querido e precioso", sendo implícito que era a fada Navi. Ao viajar nas profundezas do Bosque Perdido, Link é emboscado pelo Skull Kid e seus dois amigos, os irmãos Fadas Tatl e Tael. O Skull Kid foge com a Ocarina do Tempo de Link, e durante a perseguição, Link é transportado para o mundo paralelo de Termina, onde o Skull Kid usa sua magia para transformar Link em um Deku Scrub. Durante este processo, Tatl se separa do Skull Kid e de Tael, e se junta a Lnik, a fim de encontrá-los, tornando-se seu companheiro Fada pelo resto do jogo.

Nas cavernas sob Termina, Link conhece o misterioso Vendedor da Máscara Feliz, que concorda em devolver Link para sua forma normal, se o Link recuperar a sua Máscara de Majora, um artefato de poder antigo que foi roubado pelo Skull Kid. Ao embarcar nessa missão, Link descobre pouco a pouco da catástrofe iminente ameaçando a terra: a Lua no céu assumiu um horrível rosto maligno e abandonou sua órbita, e irá colidir com Termina em exatamente três dias. A busca de Link para restaurar a si mesmo torna-se rapidamente uma missão para salvar a terra, durante a qual ele não só retorna à sua forma original, mas adquire máscaras que o permitem se transformar livremente entre suas formas Hyliana, Deku, Goron e Zora.

Eventualmente, Link consegue libertar os Quatro Gigantes, divindades enigmáticas que podem parar a queda da Lua, e confronta o Skull Kid. Neste ponto, Majora, a entidade do mal que reside dentro da Máscara de Majora, abandona seu hospedeiro agora inútil e retira-se para a Lua. Link o persegue até o estranho núcleo da Lua, e depois de uma longa batalha contra as três encarnações de Majora, a entidade é finalmente derrotada e a ameaçadora Lua desaparece. Ao retornar a máscara agora sem vida ao Vendedor da Máscara Feliz, Link deixa seus novos amigos e continua sua jornada, enquanto o povo de Termina mais uma vez celebra o amanhecer de um novo dia.

Durante a celebração, um Zora idêntica à forma de Zora de Link é visto tocando com Os Indigo-Go's, o que implica que o link pode ter retornado temporariamente, embora isso nunca seja esclarecido. Foi sugerido em Twilight Princess e confirmado em Hyrule Historia que este Link mais tarde se tornou a Sombra do Herói, já que ele viveu uma vida de arrependimento por não ser lembrado como um herói, apesar de suas ações, assim como por não ter passando suas habilidades para a próxima geração.

The Legend of Zelda: Oracle of Ages e Oracle of Seasons

Link and the Rod of Seasons
Link and the Harp of Ages

Link já é um herói no início dos jogos, já que ele é o mesmo link de A Link to the Past de acordo com o Hyrule Historia. Os dois jogos Oracle começam de forma muito semelhante, com Link viajando para o santuário da Triforce. No interior, a relíquia sagrada o transporta para um mundo necessitando desesperadamente de um herói: Labrynna em Oracle of Ages, e Holodrum em Oracle of Seasons. Link conhece e faz amizade com Nayru, a cantora em Oracle of Ages, e com Din, a dançarina em Oracle of Seasons.

Em Labrynna, Link deve usar sua habilidade de viajar no tempo através da Harpa das Eras para salvar a terra das garras do Feiticeiro da Sombra, Veran. Em Holodrum, ele deve usar os poderes de trocar as estações do Cetro das Estações para acabar com as ambições do General das Trevas, Onox. Após completar um jogo, começar um novo jogo linked usando uma senha obtida no primeiro, e o completando, uma missão final secreta pode ser acessada na qual é revelado que Koume e Kotake estavam por trás dos planos de Veran e Onox, planejando usar as ações deles como um catalisador para reviver Ganon. Depois de derrotar as bruxas e o próprio Ganon ressuscitado, Link começou uma viagem no mar para um destino desconhecido.

The Legend of Zelda: Four Swords

Links (Four Swords)
Four Swords Adventures Links

Como escrito em Hyrule Historia, o Link em Four Swords é cronologicamente o terceiro link na Linha do Tempo Unificada.

No início do jogo, Link viaja com a Princesa Zelda para verificar a Espada Quádrupla, uma antiga lâmina dita ter selado Vaati, um poderoso mago do vento. Quando os dois entraram no Santuário da Espada Quádrupla, Vaati quebra o selo, fugindo com Zelda, a fim de torná-la sua noiva. Quando Link avança, ele é instruído por três Fadas para puxar a Espada Quádrupla, a qual separa o herói em quatro cópias de si mesmo: um verde, um vermelho, um azul e um roxo. Juntos, os quatro Link viajam através de Hyrule para se encontrar com três Grandes Fadas, cada um das quais dá ao Link uma chave necessária para entrar no Palácio do Vaati. No interior, os quatro Links derrotam Vaati depois de uma batalha feroz, selando-o dentro da Espada Quádrupla novamente. Com Hyrule a salvo, os quatro heróis devolvem a Espada Quádrupla ao seu pedestal, fundindo-se assim de volta em um único ser.

The Legend of Zelda: The Wind Waker

Link Wind Waker 3

Este link mora na Ilha Inicial no Grande Mar, a região acima de Hyrule após ela ser inundada pelos deuses para impedir Ganondorf de conquistá-la. Link está comemorando seu aniversário, e é costume na ilha receber a Roupa do Herói para homenagear o lendário Herói do Tempo quando atingem a idade que o Herói tinha durante a sua missão. Como o herói do tempo tinha aproximadamente dezessete anos de idade quando ele derrotou Ganondorf, é possível que Link também tenha essa idade, mas com base em sua aparência física e sua voz, no entanto, parece mais provável que este costume se refere a quando o Herói do Tempo começou a sua missão, com cerca de dez anos de idade. Pouco depois, o Rei Helmaroc captura a irmã de Link, Aryll, levando Link a viajar com Tetra e seus piratas até a Fortaleza Abandonada. Link inicialmente não consegue resgatar Aryll, mas é resgatado pelo Rei dos Leões Vermelhos, que o ajuda em sua missão para salvar sua irmã. Link eventualmente consegue resgatar sua irmã, e também é capaz de derrotar Ganondorf após recuperar a Espada Mestra e restaurar seu poder. Com esta missão completa, Link, Tetra, e sua tripulação de piratas partem em busca de uma nova terra.

Embora o jogo inspire especulações sobre a possível relação do Link com o Herói do Tempo (ou seja, seu escudo de família que dizem ter sido usado pelo próprio Herói), esta teoria é desencorajada pelo Rei do Leões Vermelhos, o qual é de fato o Rei de Hyrule, quando ele diz ao espírito do mar Jabun que o "[Link] parece não ter nenhuma ligação com o lendário". O fato de que ele conseguiu puxar a Espada Mestra de seu pedestal (o que foi dito só ser capaz por alguém relacionado com os Cavaleiros de Hyrule) sugere algo, no entanto. Após Link superar muitas dificuldades, o Rei dos Leões Vermelhos o nomeia de o Herói dos Ventos, e Ganondorf afirma que Link é o Herói do Tempo renascido.

The Legend of Zelda: Four Swords Adventures

Links (Four Swords Adventures)
Link (Four Swords)

Como escrito em Hyrule Historia, o Link em Four Swords Adventure é cronologicamente o terceiro link na Linha do tempo Infantil.

Link é amigo da Princesa Zelda. Preocupado que o selo que mantém Vaati presa na Espada Quádrupla pode ter enfraquecendo, Zelda e o resto das Sete Donzelas convocam Link e abrem o caminho para o santuário da Espada Quádrupla para investigar. No entanto, Zelda e as outras donzelas são capturadas e aprisionados pelo Link das Sombras. Apesar do fato de que irá liberar Vaati, Link é forçado a puxar Espada Quádrupla de seu pedestal, a fim de dividir-se em quatro e ter a força para resgatar as donzelas. Os Links salvam todas as sete e reúnem as quatro Joias Reais, as quais eles usam para revelar o Torre dos Ventos. Ao escalarem a torre, os Links chegam ao Reino dos Céus, onde eles derrotam os Links das Sombras e recuperam o Espelho das Trevas do qual eles foram criados. Depois de mais uma furiosa batalha, os Links derrotam Vaati, não selando-o como antes, mas, aparentemente, matando o mago do vento para sempre. Posteriormente, Ganon, o verdadeiro cérebro por trás de todos os eventos, ataca Zelda e os Links pessoalmente. A batalha final começa; Os Links são capazes de derrotar Ganon, e com a ajuda das Sete Donzelas, o selam dentro da Espada Quádrupla. A espada é então devolvida ao seu santuário e selado lá, e os Link são combinados em um só novamente.

The Legend of Zelda: The Minish Cap

Link Artwork 2 (The Minish Cap)

Como escrito em Hyrule Historia, o Link em The Minish Cap é cronologicamente o segundo Link no Linha do Tempo Unificada.

Link é o neto do Smith, o ferreiro da Cidade de Hyrule. Ele vive fora da cidade com seu avô, e vai para o Festival Picori com sua amiga de infância, a Princesa Zelda. Durante a cerimônia de premiação do torneio de espada do festival, o vencedor, Vaati, quebra a lendária Lâmina Picori e libera os monstros que haviam sido presos no Baú Selado. A Princesa Zelda usa seu poder para enviar os monstros para longe, e apesar da tentativa de Link para defendê-la, Vaati transforma a princesa em pedra para impedi-la de interferir com seus planos.

Depois disso, o Rei de Hyrule envia Link para os Bosque Minish para encontrar os Minish, na esperança de que eles possam reforjar a Lâmina Picori para que ela possa ser usada contra Vaati, o Mago do Vento. Enquanto ele percorre os bosques, Link encontra Ezlo, seu companheiro durante todo o jogo. Ezlo senta-se na cabeça de Link ao longo de sua aventura para derrotar Vaati e restaurar Zelda. Além de sua frequente aconselhamento e comentários sarcásticos sobre a missão de Link, Ezlo concede ao herói o poder de se encolher ao tamanho dos Minish.

Cronologicamente, The Minish Cap é um prelúdio de Four Swords e Four Swords Adventures. Como a encarnação em Four Swords Adventures, esse Link tem quase o mesmo character design que o Link de The Wind Waker, com exceção do seu chapéu. Este jogo é um dos primeiros jogos na linha do tempo, conforme indicado na oficial Hyrule Historia. No final deste jogo, Link adquire um verdadeiro chapéu verde, já que ele só teve Ezlo como um chapéu até agora. Ezlo então disse que o chapéu combinava com ele.

The Legend of Zelda: Twilight Princess

Link Artwork 4 (Twilight Princess)

Como escrito em Hyrule Historia, o Link em Twilight Princess é cronologicamente o segundo link na Linha do Tempo Infantil. Este link é muitas vezes referido pelos fãs como o "Herói da Luz" por causa de seus atos para restaurar a Luz para Hyrule; no entanto, há aqueles que se referem a ele como o "Herói do Crepúsculo". Ambos são títulos criados por fãs que não aparecem em qualquer material oficial, embora seu verdadeiro título neste jogo seja "Herói Escolhido pelos Deuses".

Link é um fazendeiro no Vilarejo Ordon tendo cerca de 17 anos de idade. Ele tem uma marca de nascença na forma da Triforce em sua mão, implicando que ele atualmente possui a Triforce da Coragem, embora possivelmente ela meramente está lá como uma marca do Herói Escolhido. Um dia, Rusl, o único guerreiro e ferreiro da cidade, pede a Link para ser seu representante em uma viagem para Hyrule para entregar a Espada de Ordon e o Escudo de Ordon que a Família Real ordenou. Enquanto se preparava para sair, o Rei Bulblin e suas forças ataque, nocauteiam Link e sequestram seus amigos Ilia e Colin, junto com as outras crianças.

Depois de recobrar a consciência, Link é arrastado para a Província de Faron, a qual foi coberta pelo Crepúsculo. O Crepúsculo transforma Link em um Lobo. Ele é aprisionado pelas Bestas das Sombras, mas escapa com a ajuda de Midna. Eles então escapam e se encontram com a Princesa Zelda que conta a eles sobre a situação atual. Isso leva Link a restaurar Hyrule ao seu estado natural, sendo ajudado por Midna (por seus próprios interesses).

Mais tarde, Link devolve a Luz para a Província de Faron, com a ajuda de Midna, e desperta como o Herói Escolhido, agora de volta em sua forma de Hyliano, vestindo a túnica de seu antepassado. Ele logo é transportado para um lugar fantasmagórico, onde ele encontra a Sombra do Herói. A Sombra do Herói diz a Link que seu poder atual não é suficiente para salvar Hyrule e se oferece para ensinar-lhe as sete habilidades ocultas, desde que o Link escolha procurá-lo. Também é sugerido no jogo e confirmado em Hyrule Historia que a Sombra do Herói é o próprio Herói do Tempo, e o Link deste jogo é seu descendente.

Link e Midna se arriscam para recolher as Sombras Fundidas, que podem ser usadas para derrotar Zant, o rei do Reino do Crepúsculo, o qual cobriu Hyrule em um Crepúsculo. Quando seu plano inicial falhou, Midna foi ferida pelo ataque de Zant, enquanto o Link foi (aparentemente de forma permanente) transformado em um lobo novamente. Com a ajuda de Lanaryu, Link e Midna escapam e vão atpe Zelda para obter ajuda. Shen contou então para a dupla sobre a Espada Mestra, a qual pode quebrar a maldição de Link. Zelda então aparentemente se sacrificou para salvar Midna ao descobrir sua verdadeira identidade. Isto levou Midna a mudar sua atitude.

Após ganhar a Espada Mestra e usá-la, bem como um Cristal da Sombra para mudar livremente entre suas formas Hyliana e de Lobo, Link e Midna aventuram-se para recuperar as peças quebradas do Espelho do Crepúsculo, a fim de acessar o Reino do Crepúsculo novamente. Após procuraem em toda Hyrule com a ajuda de outros, a dupla conseguiu derrotar Zant, bem como o seu mestre Ganondorf e restaurar Hyrule e Reino do Crepúsculo (assim como seu povo) para seus estados naturais.

Depois disso, ele e Zelda testemunharam a partida de Midna para o Reino do Crepúsculo, bem como ela destruir o Espelho do Crepúsculo a fim de garantir que essa tragédia nunca mais se repita. Link mais tarde retorna a Espada Mestra para o Pedestal do Tempo, e retorna para o Vilarejo Ordon, mas mais tarde ele deixa a vila com Epona. No final, a Sala do Trono do Castelo de Hyrule é vista, revelando que o Castelo foi reconstruído. Isso pode indicar que Link está indo para lá, mas isso não está confirmado.

The Legend of Zelda: Phantom Hourglass

Link Artwork (Phantom Hourglass)

Este Link é o mesmo Link de The Wind Waker. Após o final de The Wind Waker, Link e Tetra partiram para encontrar a terra que seria a próxima Hyrule após o antigo reino ter sido completamente destruído. Após Tetra ser capturada pelo Navio Fantasma, Link se empenha corajosamente para salvá-la, mas é nocauteado. Quando ele acorda, ele encontra uma Fada chamada Ciela, que se torna sua companheira pelo resto do jogo. Ele também conhece Linebeck, que o ajuda deixa Link usar seu navio. Link adquire uma nova espada, a Espada de Oshus, a qual Oshus permite que Link pegue.

Link encontra três espíritos que permitem a ele encontrar o Navio Fantasma, onde Tetra está sendo mantida. Ele a salva, mas descobre que ela virou pedra, devido à sua força vital ter sido drenada. Para desfazer isso, Link deve derrotar Bellum, um ser maligno que habita o Templo do Rei do Oceano. Para derrotá-lo, Link precisa da Espada Fantasma, uma arma feita de três Metais Puros. Após Link encontra esses metais, Zauz forja a lâmina da Espada Fantasma, e Oshus criou a alça com a Ampulheta Fantasma. Com a Espada Fantasma em mãos, Link derrota Bellum e restaura a paz. É revelado que o mundo que Link explorou era uma dimensão alternativa, e Link e Tetra foram enviados de volta a seu próprio reino. Durante toda a aventura, apenas dez minutos haviam se passado no mundo de Link e Tetra, e à primeira vista parece como se toda a experiência tivesse sido sonho. No entanto, Link encontra uma ampulheta vazia no bolso, e vê Linebeck velejando para a distância. Isso faz com que Link sorria de alegria.

The Legend of Zelda: Spirit Tracks

Link Attacking (Spirit Tracks)

Como escrito em Hyrule Historia, o Link em Spirit Tracks é cronologicamente o segundo link na Linha do Tempo Adulta.

Link é originalmente um engenheiro aprendiz, que se torna um herói, salvando a terra de Nova Hyrule do maligno Malladus. Ao longo de sua aventura, ele trabalha em junto com o espírito da Princesa Zelda, que habita uma forma Espectral em determinadas situações. Sua aparência é semelhante à de Link em Phantom Hourglass, no entanto, sua voz agora é semelhante ao do Link mais jovem de Ocarina of Time.

O jogo começa com Link, um engenheiro ferroviário aprendiz, viajando para o castelo da Princesa Zelda para participar de uma Cerimónia de Graduação, onde a honra de Engenheiro Real será concedida a ele pela própria princesa. Conforme ela premia Link pelo seu serviço, ela secretamente o entrega uma nota, o alertando sobre o suspeito Chanceler Cole, e para ele usar um caminho escondido e a encontrar em segredo. Ela pede a ajuda de Link para investigar o mistério do desaparecimento dos Trilhos Espirituais. Zelda está confinada a seus aposentos, mas precisa da ajuda de Link para se esgueirar para fora do castelo para descobrir por que os Trilhos Espirituais estão desaparecendo misteriosamente por toda terra. Zelda então presenteia Link com uma troca de roupa—o Uniforme de Recruta—a qual ajudará Link a se misturar e a enganar os guardas vestidos de modo semelhante.

Depois de sucesso deles, os dois finalmente conseguiram sair do castelo e se encontram com Alfonzo, o Mestre Engenheiro de Link, o qual lhe ensinou como se tornar um engenheiro. Por Alfonzo ter sido uma vez um soldado, ele ajuda Zelda e Link a fugir em um trem em direção à Torre dos Espíritos. No entanto, os trilhos começam a desaparecer debaixo do veículo. Depois de uma acidente espetacular, eles são parados no meio do caminho pelo Chanceler Cole e seu segundo em comando. A dupla facilmente derrota Link e Alfonzo, e removem a alma da Princesa Zelda de seu corpo. O Chanceler Cole então leva o corpo de Zelda e o usa como um recipiente em uma tentativa de reviver Malladus.

Quando Link desperta, ele encontra-se no Castelo de Hyrule. O espírito de Zelda se encontrou flutuando, e ela descobre que perdeu seu corpo e que ninguém pode vê-la, com exceção de Link e alguns Lokomos. Zelda então leva Link até uma espada. Depois de um pouco de treinamento, ela então aconselha Link a ir até Torre dos Espíritos para recuperar seu corpo. Para ajudar Link, o fantasma da Princesa Zelda habita um Espectro e ajuda Link em impedir o Chanceler Cole e a reviver a si mesma.

Com a ajuda dos Lokomos (e mais tarde de Byrne), Link e Zelda conseguem derrotar Malladus, como também colocar a alma de Zelda de volta em seu corpo. Com a batalha terminada, eles foram assegurados por Anjean que Byrne não estava realmente morto quando ele se sacrificou. Ela então contou a eles mais sobre os Lokomos, enquanto eles voltavam para o céu. Durante essa cena, Link e Zelda ficam de mãos dadas, com Link posteriormente apertando ligeiramente a mão de Zelda.

The Legend of Zelda: Skyward Sword

Link Artwork 4 (Skyward Sword)

Como escrito em Hyrule Historia, o Link em Skyward Sword é cronologicamente o primeiro link na Linha do Tempo Unificada.

Link é o herói escolhido pela deusa Hylia para realizar uma grande tarefa. Um residente de Celéstia, ele frequenta a Academia de Cavaleiros, um internato para aqueles que desejam tornar-se Cavaleiros de Celéstia. Como todos os habitantes do Céu, ele possui seu próprio Loftwing; em particular, ele possui um raro Loftwing Vermelho. No início do jogo, Link usa roupas semelhantes às usadas por outros moradores de Celéstia. Esta encarnação de Link é a primeira aparição conhecida do personagem na linha do tempo, e devido à jogabilidade, a qual foi projetado para ser usada com a mão direita, o Link parece ser destro também. No entanto, é possível que o jogo tenha tido sua imagem espelhada e assim este Linko também é canhoto.

Link é amigo íntimo de Zelda, filha do Diretor da academia, Gaepora. O rival de Link pela afeição de Zelda é Groose, que tenta sabotar suas chances de entrar e completar a Cerimônia Celeste no início do jogo por sequestrar sua Loftwing. Ele eventualmente recupera sua montaria e recupera a Estatueta do Pássaro, o que rende a ele um momento a sós com Zelda. Após que ele receber o Manto Sagrado dela, os dois embarcam em um voo juntos; no entanto, eles são atacados por um tornado negro, e Zelda é levada para uma terra abaixo das nuvens.

Link é atirado de seu Loftwing, e uma figura misteriosa azul aparece em seus sonhos. Quando ele acorda, ele encontra Gaepora de pé diante dele, querendo saber o que aconteceu com Zelda. Após Gaepora sair, ele ouve uma voz do lado de fora de sua porta. Vendo a figura misteriosa no corredor, Link a segue até a Estátua da Deusa, onde ela abre a porta para uma câmara dentro da estátua. Lá, ele encontra a Espada da Deusa, e a figura se revela como Fi, o espírito que habita a espada. Usando a espada para abrir um caminho através da Barreira de Nuvens, Link começa sua busca por Zelda na Superfície.

Várias vezes ao longo de sua jornada, ele é confrontado por Ghirahim, o Lorde Demônio das criaturas que habitam A Superfície. Link eventualmente descobre que Zelda está em uma jornada própria para purificar seu espírito, protegida pela Sheikah Impa. Eventualmente, Zelda e Impa procuram refúgio dentro de um Portal do Tempo para fugir de Ghirahim. Uma Anciã revela a Link que um segundo Portal do Tempo existe; no entanto, para ativá-lo, ele deve infundir a Espada da Deusa com três Chamas Sagradas. Para cada Chama Sagrada que ele reúne, a espada se transforma, até ela se tornar a Espada Mestra.

Com a Espada Mestra em mãos, ele ativa o Portal do Tempo, onde ele se reencontra com Zelda. Ela explica a ele que ela é uma reencarnação física da deusa Hylia; ela assumiu uma forma humana, a fim de combater Demise, o antigo Rei Demônio cuja forma bestial Link selou anteriormente com a ajuda de Groose. A única maneira deles poderemm derrotar o eterno Demise era reunindo a Triforce e desejando a sua destruição. Link eventualmente recuperou a Triforce, impedindo Demise de reemergir. No entanto, Zelda é levada por Ghirahim para o passado, para onde seu mestre ainda existia.

Embora Link tenha conseguido derrotar Ghirahim novamente, Demise ainda assim foi libertado de sua prisão. Embora Demise acabe sendo derrotado por Link, o Rei Demônio afirma que o seu ódio e a maldição da Tribo do Demônio voltaram para assombrar seus descendentes. Zelda, Link e Groose retornam ao seu próprio tempo, onde a Anciã é revelada como sendo Impa o tempo todo. Depois de dizerem adeus a Impa enquanto ela desaparecia, Groose retorna para o céu, enquanto Zelda decide permanecer na superfície. Ela então perguntou o que Link pretendia fazer, com Link docemente sorrindo para ela, enquanto a cena mostra os Loftwings de Link e Zelda voando de volta para o céu, o que implica que Link escolheu ficar com Zelda.

The Legend of Zelda: A Link Between Worlds

Link Artwork 2 (A Link Between Worlds)

Como escrito em Hyrule Historia, o Link em A Link Between Worlds é cronologicamente o segundo Link na Linha do Tempo do Herói Caído.

Link é um aprendiz de Ferreiro que tem pesadelos frequentes de Princesa Zelda sendo sequestrada por uma criatura em forma de porco, o que muitas vezes faz ele se atrasar para o trabalho. Depois de um breve encontro com Yuga, Link avisa Zelda da nova ameaça, e ela dá a ele o Pingente da Coragem e encarrega Link de proteger Hyrule. Em seu próximo encontro com Yuga, Link ganha a habilidade de entrar e sair das paredes como uma pintura, a qual se torna uma habilidade vital em sua missão.

Após encontrar os outros dois Pingentes da Virtude e tirar a Espada Mestra de seu pedestal, Link corre para o Castelo de Hyrule para defender Zelda, mas já era muito tarde, chegando no momento que Yuga estava transformando Zelda em um retrato. Depois de lutar contra Yuga outra vez, Link o persegue através de uma brilhante Fissura na parede e encontra-se no que parece ser um Castelo de Hyrule mais sombrio, onde ele testemunha Yuga reviver e fundir-se com Ganon, concedendo-lhe a Triforce do Poder. No entanto, antes que os vilões combinados pudessem atacar Link, ele é salvo pela Princesa Hilda, a qual explica a Link que ele está em Lorule, uma versão mais sombria de Hyrule. Após ela teletransportar Link para fora do castelo, ele desmaia e acorda na casa do Ferreiro de Lorule.

Link então sai em uma missão para encontrar os retratos dos sábios por toda Lorule, e os sábios concedem a Triforce da Coragem para ele pelo seu sucesso, permitindo que Link confronte Yuga. Ao chegar no topo do Castelo de Lorule, Hilda revela suas intenções para salvar seu reino roubando a Triforce de Hyrule e ordena que Yuga tome o pedaço da Triforce de Link. Após Link derrotar Yuga, o vilão transforma Hilda em uma pintura e rouba a Triforce da Sabedoria dela, revelando que ele pretendia tomar a Triforce para si mesmo o tempo todo. Ele então enfrenta Link novamente, ainda mais poderoso agora que ele possui dois pedaços da Triforce. No meio da batalha, Zelda dá a Link o Arco da Luz, o qual ele usa junto com a Espada Mestra para finalmente derrotar Yuga.

Zelda e Hilda são restauradas, embora Hilda desiste de suas intenções até Ravio aparecer. Ele tira a máscara, revelando ser a contraparte de Lorule de Link e que ele uma vez serviu Hilda. Hilda declara Ravio um traidor, mas Ravio a convence que ela não deve destruir Hyrule para evitar o destino de Lorule, admitindo que a sua terra está condenada. Hilda concorda em enviar Link e Zelda de volta para Hyrule usando a energia restante no bracelete de Ravio, e eles acabam parando no Reino Sagrado de Hyrule, com a Triforce na frente deles. Ambos desejar que a Triforce de Lorule fosse restaurada, salvando o mundo paralelo. Link então retorna a Espada Mestra para o Bosque Perdido.

The Legend of Zelda: Tri Force Heroes

TFH Team

Múltiplos links aparecem em Tri Force Heroes, e podem obter diferentes itens e habilidades, dependendo do que eles vestem.

Aviso de Spoiler: Os spoilers acabam aqui.

Aparições Não Canônicas

Aviso de Informação Não Canônica: Esse artigo ou seção contém informações não canônicas que não são consideradas como parte oficial da série Legend of Zelda e não devem ser consideradas parte da história geral.

The Legend of Zelda: Mystical Seed of Courage

Link foi definido para ser o protagonista deste jogo, mas o jogo foi cancelado e nunca lançado. Nele, a missão de Link teria sido a de resgatar a Princesa Zelda de Ganon por coletar os oito pedaços da Triforce da Coragem. Ele também teria que obter o Cetro das Estações de outra dimensão onde ele se encontraria com a Tribo Uura.

Link's Crossbow Training

Link é o protagonista deste jogo, o qual é um spinoff direto de Twilight Princess. Como o jogo envolve mini-jogos que exigem o uso do Wii Zapper, ele empunha uma Besta como sua única arma.

Game & Watch: Zelda

Link (Game & Watch Zelda)

Link é o protagonista, cuja missão é encontrar oito peças da Triforce e resgatar seu "amor", a Princesa Zelda, dos oito dragões que a raptaram. Neste jogo, Link está equipado com uma espada e um escudo, mas também pode pegar um Tomahawk para lutar contra os dragões. Este é o único jogo da série a contar com tal item.

The Legend of Zelda Game Watch

Semelhante ao Game & Watch: Zelda, Link é o protagonista e deve encontrar os oito pedaços da Triforce. Em cada quarto das oito masmorras do jogo, Link deve adquirir um item e usá-lo para derrotar os inimigos na sala para prosseguir. Ele também deve coletar uma bomba para derrotar Aquamentus, o qual serve como o chefe de cada masmorra.

Super Smash Bros.

Link Artwork (Super Smash Bros.)

Link é um dos oito personagens inicialmente disponíveis, e é baseado em sua aparência como um adulto em Ocarina of Time. Além da tradicional túnica verde, três cores alternativas de túnica também podem ser escolhidas: vermelha, azul e branca azulada. Enquanto as duas primeiras são claramente inspirados por, respectivamente, as Túnicas Goron e Zora de Ocarina of Time, a última é sem dúvidas reminiscente da cor que as suas roupas ficavam em The Legend of Zelda quando o Anel Azul era usado. Link tem muitas de suas armas e técnicas à sua disposição, incluindo a Espada Mestra, o Escudo Hyliano, as bombas, o Bumerangue, o Gancho, o Ataque Circular, a Estocada no Ar e a Estocada para Baixo.

Super Smash Bros. Melee

Link (Super Smash Bros. Melee)

Link vem equipado com o Arco, além do equipamento que possuía no Super Smash Bros. original. Embora sua habilidade com a espada seja formidável, o Link está em seu melhor quando utiliza todas as ferramentas e armas à sua disposição junto com sua habilidade de luta, muito similar com sua representação na série Zelda. O Gancho de Link agora tem a capacidade de se agarrar na borda da arena, dando a ele uma ligeira vantagem caso seu salto não seja suficiente para retornar para a arena. A aparência de Link é novamente baseada em sua encarnação adulta de Ocarina of Time, mas é graficamente melhorado devido as capacidades do GameCube, aparecendo semelhante a sua representação na demo Space World 2000.

Melee também introduz o Young Link, uma versão infantil de Link baseada em sua encarnação mais jovem de Ocarina of Time, como um personagem secreto desbloqueável. Como em Majora's Mask, ele pode empunhar um arco e o Gancho, embora estranhamente eles tenham suas aparências de Ocarina of Time. Ele é mais ágil, mas mais fraco do que o Link mais velho: ele salta consideravelmente mais alto e pode realizar saltos na parede, o que o Link adulto não pode, mas sua espada e bombas causam menos danos. Além disso, a espada e o Gancho do Young Link possuem um alcance menor, e seu arco atira Flechas de Fogo ao invés de flechas tradicionais.

Super Smash Bros. Brawl

Link (Super Smash Bros. Brawl)

Link possui essencialmente o mesmo armamento que nos jogos anteriores, mas como ele agora está modelado com base na sua encarnação de Twilight Princess, seu conjunto de instrumentos e armas foram alterados por consequência. As bombas agora usam o modelo denteado irregular de Twilight Princess, a Garra substitui o Gancho, e o Bumerangue é substituído pelo Bumerangue Tornado. Embora seja essencialmente o mesmo personagem que o Young Link, o Toon Link aparece no jogo como um personagem secreto desbloquável, e é baseado na aparência de Link em The Wind Waker.

O Final Smash de ambos os personagens é o Triforce Slash, o qual prende um inimigo em uma grande Triforce, permitindo ao Link atacar repetidas vezes antes de quebrar a Triforce e enviar o adversário voando com um poderoso golpe final. Se houver outro jogador diretamente atrás do jogador preso na Triforce Slash, esse personagem também irá levar algum dano. No The Subspace Emissary, Link é visto puxando a Espada Mestra do seu lugar de descanso no meio de uma floresta não nomeada, ao lado de sua fada.

Há doze adesivos em Super Smash Bros. Brawl que retratam Link:

Nome Imagem Efeito Personagens
Deku Link
Deku Link Sticker
[Elétrico] Resistência +5 Todos
Epona e Link
Link and Epona Sticker
[Braço, Perna] Ataque +9 Link, Zelda, Ganondorf, Toon Link
Fierce Deity Link
Fierce Deity Link Sticker
[Corte] Ataque +21 Link, Zelda, Ganondorf, Toon Link
King of Red Lions & Link
Link and King of Red Lions Sticker
[Explosivo] Ataque +20 Todos
Link
Link Sticker (LoZ)
[Especiais: Indireto] Ataque +17 Todos
Link
Link Sticker (ALttP)
[Elétrico] Resistência +31 Link, Zelda, Ganondorf, Toon Link
Link
Link Sticker (TWW)
[Chama] Ataque +31 Link, Zelda, Ganondorf, Toon Link
Link
Link Sticker (TP)
[Corte] Resistência +27 Link, Zelda, Ganondorf, Toon Link
Link & Pigs
Link and Pigs Sticker
Drops de Adesivos +40 Todos
Link with Goron Mask
Link with Goron Mask Sticker
[Corte] Ataque +17 Link, Zelda, Ganondorf, Toon Link
Midna & Wolf Link
Midna and Wolf Link Sticker
[Perna] Ataque +26 Link, Zelda, Ganondorf, Toon Link
Zora Link
Zora Link Sticker
Tempo de Nado +60 Todos

Super Smash Bros. for Nintendo 3DS / Wii U

Link (SSB 3DS & Wii U)

Link e Toon Link retornam como personagens jogáveis no quarto jogo da série Super Smash Bro. A aparência do Link normal é agora baseada em uma mistura do Link de Skyward Sword e o Link de Twilight Princess, enquanto o Toon Link é baseado no design da remasterização Wind Waker HD. Pouca coisa mudou na mecânica dos dois heróis. Ambos ainda empunham a Espada Mestra e seus escudos normais.

Soulcalibur II

Link (Soulcalibur II)

Link é um personagem jogável aparecendo exclusivamente na versão de Nintendo GameCube do jogo, na qual ele é modelado com base na encarnação de Link de Ocarina of Time. Acredita-se que a inclusão de Link no jogo foi a principal razão pela qual a versão de GameCube de Soulcalibur II tornou-se um best-seller. Notavelmente, Link é um dos dois únicos personagens no jogo que utiliza ataques de projéteis verdadeiros, na forma de seu Arco, Bumerangue, e bombas.

Pouco é revelado sobre a história de Link, mas sabe-se que depois de investigar uma série de desastres naturais em toda Hyrule, ele descobriu que elas foram causadas por um feiticeiro malvado, e foi convocado pela Princesa Zelda, a fim de derrotá-lo. Após fazer isso, Link descobriu que o feiticeiro havia sido possuído pela Soul Edge, uma espada maligna devorada de almas de outra dimensão. Rapidamente puxando a Espada Mestra de seu pedestal e levando com ele a Ocarina do Tempo, ele embarca em uma viagem secreta para esse outro mundo, a fim de destruir a Soul Edge, sabendo muito bem que a ressurreição da lâmina mal deve ser evitada a qualquer custo. Quando o jogo é concluído, é revelado por destruir a Soul Edge, Link não só salvou sua própria terra natal do perigo, mas também manteve a tranquilidade do mundo em que a espada residia. Depois de descobrir isso, o herói então calmamente retorna para Hyrule, com um fraco eco de sua Ocarina sendo a última coisa ouvida dele.

Em batalha, Link utiliza muitos movimentos especiais os quais acreditam-se serem (embora não explicitamente identificados) referências as técnicas dos jogos The Legend of Zelda. Por exemplo, o Rocket Stab pode ter sido inspirado pelas Botas de Pégaso de A Link to the Past. Os ataques Jump Thrust e Downthrust podem ser de The Adventure of Link, e o salto para trás e o Jump Attack são quase idênticos aos ataques usados em Ocarina of Time e Majora's Mask. Como na série Super Smash Bros., Link possui um total de quatro trajes, o que é mais do que qualquer outro personagem—embora eles se diferem apenas na cor. Ele é considerado um personagem de nível intermediário pela comunidade de torneio.

Embora Link não seja jogável em Soul Calibur III, os movimentos da Espada e Escudeo de Create-a-Soul é similar ao dele, apenas com os movimentos relacionados a Zelda, como as Bombas, Bumerangue e Ataques Circular removidos.

Dynasty Warriors VS

Fazer a ligação aparece como um traje alternativo em Dynasty Warriors VS (Shin Sangoku Musou VS), um hack-'n-slash da série Dynasty Warriors para o Nintendo 3DS. A aparência física de Link em Dynasty Warriors VS é baseada em sua aparência em Skyward Sword. O traje pode ser desbloqueado por completar o tutorial do jogo.

Hyrule Warriors

Link Hyrule Warriors

Link é o personagem principal neste jogo spin-off com foco na ação. Ele é um dos novos recrutas da Guarda Imperial de Hyrule, mas foi descoberto por ter grande talento na esgrima, bem como por sua velocidade e movimentos rápidos para derrotar os inimigos. Link é o foco da antagonista principal Cia. As aparências de Link em Ocarina of Time, Twilight Princess e Skyward Sword estarão disponíveis como trajes alternativos através de conteúdo para download. Quando o Link é derrotado como um inimigo, ele deixa cair os Materiais Botas do Link ou Cachecol do Link.

Monster Hunter series

Link (Monster Hunter Ultimate)

Link em Monster Hunter 4 Ultimate

O traje de Link aparece como um Conjunto de Armadura em Monster Hunter 4 e Monster Hunter 4 Ultimate, dois jogos da série Monster Hunter. Ele está equipado com a Espada Mestra, o Escudo Hyliano, o Arco Sagrado, o Bumerangue, Bombas, e um tipo de flauta de osso.

Mario Kart 8

Link (Mario Kart 8)

Link em Mario Kart 8.

Link está disponível como um personagem jogável para download em Mario Kart 8. Um veículo com tema de Zelda conhecido como o Corcel de Hyrule está incluído no seu pacote de DLC também.

Série de TV The Legend of Zelda

"Bem, me descuuulpe, Princesa!"
— Link
Link (Animated Series)

Link da série animada.

Link é retratado como um aventureiro viajante que se instala no Castelo de Hyrule e toma o "trabalho" de proteger a Triforce da Sabedoria do malvado feiticeiro Ganon. Ele é um valente, ainda que rude, guerreiro que adora balançar sua espada em uma das mãos, antes, durante e após as batalhas. Ele é destro no desenho animado, apesar de ele ser descrito como canhoto na maioria das mídias. A voz de Link foi fornecida por Johnathan Potts. Uma versão ligeiramente modificada deste Link, dublado pelo mesmo ator, apareceu em quatro episódios de Capitão N: O Mestre dos Jogos.

Link constantemente tenta impressionar Zelda, a fim de ganhar o seu afeto, mas muitas vezes ela rejeita as tentativas dele e o despreza pelo seu comportamento; nas poucas vezes em que ela aceitou o beijar, eles sempre foram interrompidos por um outro personagem ou evento. Ele deixa sua afeição por Zelda bem claro e frequentemente tenta fazer ela o beijar. O bordão de Link, "Bem, me desculpe, princesa!", é muitas vezes pronunciado como uma reação as suas tentativas fracassadas de dar em cima de Zelda, ou seu desagrado com algo que ele fez de errado.

Quadrinhos The Legend of Zelda

Seguindo um enredo semelhante ao da série de TV, este quadrinho teve apenas quatro edições. Nos quadrinhos, Link não é de Hyrule, mas dizem ter vindo da terra ocidental de Calatia, e esta é a única terra a qual ele mostra mais lealdade do que a Hyrule. Em uma edição, quando Zelda acusa a Rainha Seline de Calatia de roubar a Triforce e força Link a escolher entre Seline e ela, Link fica ao lado de sua rainha.

Embora não seja considerado tecnicamente uma parte do cânone de Zelda, a série de quadrinhos publicada pela Valiant foi reimpressa na revista Nintendo Power e autorizada pela Nintendo, por isso, alguns fãs a aceitam como sendo factual.

Aviso de Informação Não Canônica: As informações não canônicas terminam aqui.

Relacionamentos

Aviso de Spoiler: Detalhes sobre o enredo e/ou do final a seguir:

Aliados

Embora alguns destes relacionamentos não tenham sido fáceis no início, Link se preocupa muito com seus amigos e aliados e tenta ajudá-los em seus momentos de necessidade. É parcialmente por causa de sua bondade que aqueles que inicialmente não foram amigáveis com Link ficam mais amistosos e eventualmente se tornam um amigo próximo. Embora alguns possam ocasionalmente zombar ou provocar Link às vezes, eles confiam nele e sabem que ele é um verdadeiro herói.

Princesa Zelda

Sem dúvidas seu relacionamento mais próximo, Link e Zelda na maioria dos jogos são mostrados como sento muito carinhosos um com o outro. Muitos teorizam que eles são um par romântico. Embora nunca tenha sido confirmado explicitamente em um título de vídeo game, esta teoria é baseada em dicas dadas nos jogos, entrevistas com os criadores dos jogos e conteúdos da série animada, dos quadrinhos e mangás (embora os três últimos são geralmente considerados não canônicos) .

Uma dica de um romance entre Zelda e Link é dada no final de The Adventure of Link, quando a Princesa aparentemente beija Link enquanto a cortina desce.

Algumas cenas em Ocarina of Time com os dois juntos foram interpretadas como sinais de uma atração. Enquanto Link e Zelda estão fugindo do castelo de Ganon, Zelda mostra sua preocupação por Link ao gritar sempre que ele é ferido. Além disso, na cena final do jogo, Zelda e Link estão flutuando no céu juntos, compartilhando um momento decididamente sentimental (se não necessariamente romântica) onde Zelda para se desculpa por envolver Link nos acontecimentos do jogo. Ela também parece ter se importado com Link, mesmo em seu disfarce de Sheik.

Se os jogos Oracle forem jogados como prelúdios um para o outro, a sequência final definitiva mostra Zelda beijando Link na bochecha. Link desmaia enquanto corações flutuam acima das cabeças dos dois, e Zelda desvia o olhar, envergonhada. Em The Wind Waker, quando Zelda é convidada a permanecer escondida no Castelo de Hyrule enquanto Link restaura o poder da Espada Mestra, ela acena para Link, pedindo a ele para ter cuidado. Mais tarde, se Link visitar uma das Loja Flutuantes de Beedle após se encontrar com Jabun, Beedle pergunta a Link se ele conhece Tetra. Ele então diz: "Você está com um olhar tímido em sua cara, Sr. Cliente. Você não pode esconder isso de mim! Yuk Yuk Yuk Yuk Yuk", o que implica que ele pode perceber que Link tem sentimentos por Tetra.

Spirit Tracks apresenta vários momentos que podem ser interpretadas de maneira romântica. No início do jogo, durante a Cerimônia de Formatura, Zelda entra na sala em frente de Link, o qual está curvando-se respeitosamente. Link então olha para cima e suspira, ficando corado por estar admirado com ela. Ele é então repreendido pelo Chanceler Cole por ter levantado sua cabeça sem permissão. Mais tarde, quando o espírito de Zelda é separado de seu corpo após o primeiro encontro com o Chanceler Cole e Byrne, Link é a única pessoa que pode vê-la além dos Lokomos, demonstrando uma ligação clara e forte entre ele e a Princesa. Após Zelda e Link derrotarem Byrne na Torre dos Espíritos, Byrne, incrédulo, comenta que ele foi derrotado por dois seres humanos. Zelda, enquanto ainda possuía um espectro, diz que quando ela e Link combinam suas forças, ninguém pode derrotá-los. Link se virá para ela, surpreso. O fundo fica branco e a Canção de Ninar de Zelda toca enquanto ambos riem e tocam suas mão, olhando um para o outro o tempo todo. Perto do final do jogo, antes da batalha final contra Malladus, Zelda é reunida com seu corpo, e não é mais capaz de levitar. Link corre para baixo dela para a pegar enquanto ela cai, e ela acaba caindo em cima dele e derrubando ambos no chão, como também nocauteando Link por alguns segundos. Ao acordar, Zelda, feliz de ter seu corpo de volta, abraça Link, fazendo ele corar. No final, após Malladus ser derrotado, Zelda e Link observaram os espíritos de Anjean e Byrne ascender ao céu. A câmera então abaixa para mostrar Zelda e Link de mãos dadas enquanto a Canção de Ninar de Zelda toca ao fundo. Ele então levemente aperta a mão de Zelda.

Skyward Sword tem vários momentos românticos entre Link e Zelda. No início do jogo, Zelda deseja que Link seja o primeiro a ver a sua roupa para a Cerimônia Celeste. Ela se preocupa com ele e não quer que ele falhe em se tornar um cavaleiro. Quando o Loftwing Vermelho de Link é escondido por Groose, Zelda ajuda Link na busca de seu Loftwing. Após Link vencer a Cerimônia Celeste, Zelda salta da borda e Link a pega, quase como se ela estivesse esperando que ele fizesse isso. Ela então o parabeniza por ter ganhado. Mais tarde, Zelda menciona que ela está muito feliz por estar no topo da Estátua da Deusa com ele. Ela também fica extremamente próxima dele e quase implica que os dois irão se beijar, antes que dela o empurrar para fora da estátua. Depois, timidamente Zelda pede a Link para sair voando, o que eles fazem. Ela então diz a Link o quão incrível o dia foi, e que ela iria se lembrar dele para sempre. No Templo de Hylia, quando Zelda afirma que ela deve selar a si mesma para manter Demise aprisionado, ela derrama lágrimas de tristeza e afirma que antes de tudo isso, ela estava feliz só de estar em Celéstia com Link, demonstrando um profundos sentimentos por Link. Link desesperadamente tenta impedi-la e quando ela é selada, Link abaixa a cabeça em tristeza, mostrando seus profundos sentimentos por ela. Mais tarde no jogo, quando Link libera Zelda de seu estado selado, Link corre e a pega quando ela está caindo e ambos se abraçam e saem sorrindo um para o outro, de mãos dadas, antes de Ghirahim arruinar o momento. Durante o final, Zelda pergunta a Link o que ele irá fazer agora. Link sorri docemente para ela, enquanto os Loftwings deles voam para o céu, o que implica que ele escolheu ficar na Superfície para viver com Zelda.

A Link Between Worlds possui algumas fofocas ditas a Link pelo Cara dos Rumores. Ele diz a Link que uma das funcionárias do Castelo viu Zelda escapando toda noite. Quando ela a seguiu, ela viu Zelda olhando para a pintura no Castelo de Hyrule que retratava o Link e Zelda de A Link to the Past abraçados, o que implica que eles se tornaram mais íntimos um com o outro. Isto também sugere que Zelda em A Link Between Worlds deseja ter uma relação semelhante com o Link do seu tempo.

Membros da Família

Embora Link muitas vezes não esteja junto com sua família na maioria dos jogos, os que foram mostrados têm uma relação próxima com ele. Em A Link to the Past, o tio de Link vive junto com seu sobrinho tranquilamente até que uma chamada telepática pedindo por ajuda de Zelda chegou a eles. Isso fez com que o tio de Link tentasse a resgatar, tendo pedido para Link permanecer em casa para sua própria segurança, demonstrando que ele realmente se importa com seu sobrinho. Mais tarde, quando o Link se reencontrou com seu tio, ele estava mortalmente ferido. Ele então pede a Link para salvar Zelda, usando o resto de sua força para dar a Link suas armas e o ensinar o Ataque Circular. Ele então se lembra com carinho do tempo que eles passaram juntos antes de dar seu último suspiros no meio da frase. Mais tarde, ele foi revivido quando Link usou a Triforce para desfazer a destruição de Ganon.

Em Ocarina of Time, é explicado que a mãe de Link o protegeu da Guerra Civil Hyruleana por confiar ele à Grande Árvore Deku ao ser gravemente ferida. Isto sugere fortemente o quanto ela amava seu filho.

Em The Wind Waker, Link mostrou ter uma irmã chamada Aryll e uma avó. O vínculo entre eles parece ser muito próximo. Na verdade, a razão pela qual o Link sai em sua jornada, foi para salvar Aryll quando ela foi sequestrada pelos servos de Ganon. Quando Aryll foi sequestrada e Link saiu em sua jornada, a avó de Link ficou assolada. Isto foi tão grave a ponto de ela não reconhecer seu neto devido ao pesado fardo que sentia, até Link usar uma fada para curá-la. Ela então ajudou Link, dando a ele uma Sopa Elixir sempre que ele pede e dando a ele 20 rupees que ela estava guardando. Ambas ficaram tristes de ver Link partir quando ele decidiu ir com a tripulação de Tetra após eles impedirem os planos de Ganon.

Embora não tenha sido muito mostrado, parece que o avô de Link em The Minish Cap tem um relacionamento normal com seu neto com quem ele convive.

Ele também foi ajudado pelo seu ancestral, a Sombra do Herói de Twilight Princess, aprendendo as habilidades ocultas dele. Enquanto ensinava Link as habilidades ocultas, a Sombra do Herói teve suas arrependimentos aliviados ao fazer isso e foi capaz de partir após ensinar o movimento final para Link e afirmando sua confiança de que o Link terá sucesso em sua jornada. Ele também se referiu ao Link como seu filho, o que mostra que ele aceita Link como seu descendente. Isso pode ter sido, pelo menos parcialmente, a razão pela qual ele ajudou Link em primeiro lugar.

Epona

Sendo o cavalo que age como a mão direita de Link, eles têm uma relação próxima um com o outro. Apesar de não ter muito diálogo na maioria dos jogos que ela aparece, ela parece ser leal para com Link. No entanto, em alguns jogos, ela demonstra o quanto ela se preocupa com seu dono.

Embora inicialmente cautelosa com Link em Ocarina of Time, ela eventualmente fica mais amigável com ele quando ele toca a Canção de Epona. Isso é mais explorado na Linha do Tempo Adulta, quando ela foi resgatada por Link de Ingo, quando ele ganhou o controle sobre o rancho. Na Linha do Tempo Infantil, a mesma Epona também agiu de maneira leal com Link em Majora's Mask, sendo que ela não deu ouvidos às ordens do Skull Kid quando ela foi roubada por ele. Ela rapidamente reconhecido Link e ficou ao seu lado após se reunir com ele.

Em Twilight Princess, ela ajudou Link com o seu trabalho com os animais da fazenda e parece muito ligada a ele. Ela chegou a reconhecer Link em forma de lobo e espera que ele retorne à sua forma Hyliana o mais rápido possível.

Impa

Embora não apareça exatamente no começo da série, Impa foi a razão pela qual link começou sua jornada. Foi ela quem pediu a Link para derrotar Ganon e salvar Hyrule. Isto tornou-se um tema proeminente em alguns outros jogos que ela aparece. Alguns anos mais tarde, após a derrota de Ganon, ela o contou sobre a história de Zelda e da maldição com a qual ela foi infligida, bem como a forma de desfazê-la.

A de Ocarina of Time seguiu as ordens de Zelda e obedientemente ajudou Link em sua missão. Ela também parece ter considerado Link como uma pessoa corajosa, como sugerido através de seu diálogo.

A de Skyward Sword como uma jovem era inicialmente dura com Link e o repreendeu em seu primeiro encontro por estar atrasado (apesar de quão difícil a situação era para ele no momento). Ela também não achava que Link era um herói digno, até ele provar que ela estava errada. Mais tarde, ela o felicitou por salvar o mundo. A Impa no presente, por outro lado, parece ter se tornado mais gentil e compreensiva, já que ela explicou ao Link o que ele deveria fazer.

Sete Donzelas

Durante todo o diálogo das Sete Donzelas, está claro que elas veem Link como a esperança delas contra Ganon e seus servos. Elas estavam imensamente gratas pelo que Link fez para elas e agradeceram a ele por suas ações. Elas usaram seus poderes mágicos para ajudar seu amigo, apesar dos perigos de fazer isso. Em Four Swords Adventure, elas confiaram em Link o suficiente para deixar ele as proteger enquanto elas verificaram o selo. Elas foram capazes de ajudá-lo a derrotar Ganon, selando-o na Espada Quádrupla.

Navi

Embora ela não valorizasse muito o Link quando eles se conheceram, ela parecia pelo menos se importar com ele. Ela o encorajou em tempos difíceis e o deu conselhos contra os inimigos. Com o tempo, ela descobriu o grande herói que Link era conforme ele superava seus inimigos e desafios. A amizade deles havia de fato se tornado bastante forte já que Navi parecia triste quando ela se separou de Link após a sua aventura. Por sua vez, Navi foi a razão pela qual o Link deixou Hyrule em Majora's Mask para encontrá-la. Não se sabe se eles chegaram a se reunir novamente.

Sete Sábios (Ocarina of Time)

Em Ocarina of Time, Link foi ajudado pelos Sete Sábios ao despertá-los. Impa e a Princesa Zelda fazem parte dos Sete Sábios; os outros cinco sábios estão listados abaixo.

Em sua forma de Kaepora Gaebora, Rauru encorajou Link quando ele pisou pela primeira vez fora da Floresta Kokiri, como também deu alguns conselhos, prometendo que eles iriam se encontrar novamente. Mais tarde, ele manteve sua promessa, aparecendo na frente de Link inúmeras vezes para dar conselhos a ele, bem como o carregando duas vezes quando Link não podia progredir por conta própria. Ele também elogiou Link em seu crescimento mais tarde, e o deu um conselho final sobre derrotar Twinrova, bem como o encorajou novamente. Em sua verdadeira forma, Rauru contou a Link sobre a atual situação, quando ele despertou de seu sono de sete anos e o deu instruções sobre o que fazer, como também o Medalhão de Prata.

Provavelmente por serem amigos de infância, Saria era muito carinhosa com Link, até mesmo depois de sete anos terem se passado. Foi ela quem ensinou Link sua canção, como também o deu a Ocarina das Fadas. Isso viria a se provar útil em sua jornada. Ela foi dita ser a única que ficou ao lado de Link de todos os Kokiris quando Mido espalhou falsos rumores sobre ele ser responsável pela morte da Grande Árvore Deku. Ao contrário dos outros Kokiris, ela também reconheceu Link como um adolescente.

Embora Link não tenha sido imediatamente respeitado por Darunia como uma pequena criança, ele logo se provou ao ajudar os Gorons a derrotar seu inimigo. Isso fez com que Link tornar-se irmão jurado com Darunia, o que mostra o respeito que Darunia ganhou por seu amigo. O respeito de Darunia por Link era tão grande, que ele nomeou seu filho de Link.

Bastante desagradável e rude com Link no início, Ruto tem uma relação bastante estranha com ele. À principio recusando sua ajuda quando dentro do estômago de Jabu-Jabu, ela acabou a aceitando e ordenou que ele a carregasse durante a jornada deles. Depois de toda provação acabar, ela começou a ter sentimentos por Link e o deu a última pedra espiritual, acreditando que eles estavam noivos (porque a pedra também serve como um anel de noivado entre o povo Zora), sem que Link tivesse conhecimento disso. Ela também pareceu feliz em ver Link depois de sete anos, embora ainda compreendia a terrível situação e pediu sua ajuda para salvar seu povo. Quando ela despertou como uma sábia, ela contou a Link seus sentimentos, mas também o disse que ele deveria continuar sua jornada, enquanto ela permanecia como uma sábia.

Quando Nabooru conheceu Link no passado, ela o desprezou por ele ser uma pequena criança. Ela estava no entanto, disposta a confiar nele para obter as Manoplas de Prata para ela. Ela ficou grato com Link por ele ter a salvo na Linha do Tempo Adulta, e o elogiou pelo tipo de pessoa que ele se tornou.

Tatl

Embora Tatl era inicialmente bastante hostil com Link, junto com o fato de que ela era em parte responsável por ele perder Epona e ser transformado em um Deku Scrub, eles eventualmente se tornaram amigos. Apesar do quão rude, mandona e indiferente ela agia com Link, ela ficou junto a ele ao longo de sua aventura, em parte, para seu próprio bem. Em algum momento, ela começou a se sentir mal pelo que ela tinha feito a Link e pediu desculpas por suas ações. O relacionamento deles melhorou após isso (embora ela ainda agia um pouco exigente com Link, ainda que de forma mais amigável). Ela também foi verdadeiramente grata pelo que Link fez por Termina e seus amigos. Isto foi demonstrado quando ela declarou seus agradecimentos ao Link quando ele estava deixando Termina após a sua aventura.

Rei dos Leões Vermelhos

Uma das primeiras pessoas a agir de maneira amigável com Link, além dos habitantes da Ilha Inicial, o Rei dos Leões Vermelhos era genuinamente carinhoso com seu amigo. Isso é mostrado durante toda a aventura deles, enquanto o Rei dos Leões Vermelhos guiava Link e eventualmente revelou sua verdadeira identidade. Foi ele quem deu a Link seu título de "o Herói dos Ventos" após ele provar ser um herói. Ele também mostrou uma leve vontade de ir com Link após a despedida deles, apesar de suas declarações anteriores.

Ciela

Ao contrário da maioria dos outros companheiros de Link, Ciela foi gentil e amigável para com ele desde o início. Ela estava realmente preocupada com seu bem-estar e ficava irritada sempre que Linebeck maltratava link ou ela mesma a ponto de furar ele. Ela parece valorizar muito Link, já que ela dá crêdito a ele por suas inúmeras conquistas. Pode ter sido parcialmente por causa de Link que ela se tornou amiga de Linebeck após ver a natureza gentil e compreensiva de seu parceiro. Quando a hora de eles se separarem estava se aproximando, ela disse a Link que ela gostaria de ficar com ele, mas afirmou que ela é um espírito que serve o Rei do Oceano e agora precisava dizer adeus. Ela então declarou seus agradecimentos a Link, o qual aproxima suas mãos dela, enquanto uma névoa densa cobria o Navio Fantasma.

Linebeck

Embora ele tenha sido resgatado por Link de uma armadilha, Linebeck a princípio não parecia gostar muito de Link, já que ele fugiu covardemente. Ele também inicialmente ajudou Link e Ciela apenas para ganho pessoal e se recusou a ajudá-los em certo ponto quando ele descobriu que não havia nenhum tesouro para obter. Sua personalidade mudou gradualmente enquanto estava com Link e Ceila, tornando-se mais leal e perdendo sua personalidade covarde, a ponto de ajudá-los diretamente. Ele também se sentiu envergonhado quando ele se tornou um peão para o inimigo deles, apesar de não ser realmente culpa dele. Link e Ciela compreenderam a situação e ficaram realmente gratos de ver que Linebeck estava bem. Link também sorriu quando viu o navio de Linebeck após retornar para seu próprio mundo. No final, Linebeck parece ter realmente começado a gostar de seus amigos.

Ezlo

Embora Ezlo seja bastante sarcástico com Link, ele não deixa de ser um amigo para ele. Ele também parece ter se acostumado a ser o chapéu de Link, ao ponto de Ezlo uma vez afirmar ter escondido um "lanche de ovo" no cabelo de Link cerca de um mês atrás e esqueceu dele. Quando o Mundo Minish começa a fechar por mais cem anos, Ezlo fica triste por ter que deixar o mundo humano. Como um presente de despedida, Ezlo dá ao Link um flexível chapéu verde, semelhante ao que ele se parecia enquanto servia como gorro para Link. Ele então notou que era a primeira vez que ele viu Link usando um chapéu, ele então afirmou que ficava bem no Link. Enquanto caminhava em direção ao portal para o seu mundo, ele para por um momento para dizer adeus ao seu amigo.

Midna

Uma parceria bastante desconfortável no início, Midna inicialmente planejava usar o Link para seu próprio ganho pessoal e agia de maneira autoritária com ele. Ela geralmente perguntava sarcasticamente a Link se ele estava bem durante uma situação difícil, insinuando alguma preocupação. No entanto, quando Zelda aparentemente se sacrificou para salvar Midna, ela se tornou mais aberta com Link e o chamou pelo seu nome, como também demonstrou genuína preocupação com ele. Ela também deixou de ser tão exigente em relação a ele e tornou-se uma parceira de confiança, como também uma amiga. Link por sua vez, também parece ter pensado nela como uma amiga, já que ele ficou aliviado ao ver que Midna não havia se machucado após uma batalha feroz. Parece que o relacionamento deles já tinha mudado de inquieto apara uma verdadeira amizade naquele ponto. No momento de despedida, Midna parecia um pouco triste em dizer adeus ao seu amigo.

Loftwing Vermelho

O laço de Link com o Loftwing que ele fez amizade antes dos acontecimentos de Skyward Sword é forte. O relacionamento deles foi imediato, já que eles aparentemente trabalharam juntos, mesmo quando eles havia acabado de se conhecerem, o que deixou Zelda com um pouco de inveja, de acordo com Gaepora. Trabalhando juntos, Link e seu Loftwing foram capazes de vencer a Corrida Celestial, apesar dos outros concorrentes terem tentando sabotar eles. Até mesmo Pipit, o qual venceu a Cerimônia Celestial anterior, admite que ele não teria ganho se Link e seu Loftwing Vermelho tivesse competido com ele.

Fi

À principio insensível para com os outros, Fi gradualmente se tornou mais sentimental e próxima de Link enquanto eles passavam mais tempo juntos. No entanto, ela ouvia de bom grado os comandos de Link e o dava conselhos se ela sentisse que era necessário. Ela também é a companheira de Link que agia de maneira mais respeitosa com Link, sendo que ela se referia a ele como seu "mestre". Isto é notável, considerando como ela não parece considerar os outros como superiores a ela, com exceção de pessoas como Zelda. Enquanto em sua jornada, Fi vê que tipo de pessoa Link é e como as pessoas foram ajudadas por ele, o que a mudou. Ela chegou a mudar a ponto de conseguir expressar alguns de seus sentimentos e desejar poder encontrar Link novamente, como também o agradecer. Link por outro lado, também parece ter visto ela como uma amiga, como mostrado através de suas reações quando ele colocou a Espada Mestra de volta em seu pedestal.

Aviso de Spoiler: Os spoilers acabam aqui.

Popularidade

Zelda (The Powerpuff Girls)

Link e Navi fazendo uma aparição cameo em As Meninas Superpoderosas

O personagem Link foi bem-recebido pelos críticos e pelos fãs. No Nintendo Power Awards de 1988 e 1989 feito pela revista Nintendo Power, os leitores votaram nele como "Melhor Personagem". Ele foi votado pelos leitores como o primeiro e terceiro "Melhor Herói" na Nintendo Power Prêmios de 1993 e 1994, respectivamente. Em 2005, Link e seu criador foram premiados com estrelas no "Walk of Game" junto com Sonic e Mario. A revista Game Informer listou Link em primeiro lugar como o "Herói de 2006." Link já apareceu várias vezes na disputa anual "Batalha de Personagem" no popular site de jogos GameFAQs, no qual os jogadores votam em seus personagens favoritos de vídeo game, e ele é o único personagem a ter ganho mais de uma vez. Além disso, em um dos "Hero Showdowns" de 2007 da IGN.com, Link foi votado como o herói favorito.

Além disso, devido à sua popularidade, ele fez aparições cameo em outras mídias, mais notavelmente em outros vídeo games, mesmo aqueles não lançado pela Nintendo. Um famoso exemplo disso está no jogo Final Fantasy, o qual possui uma lápide onde pode-se ler: "Aqui reside link. 837 - 866. Descanse em Paz." No entanto, isso foi alterado para Erdrick, um herói de Dragon Warrior, nas versões Americana de NES e Europeia de PlayStation. Link também apareceu em programas de televisão como South Park, Frango Robô e As Meninas Superpoderosas.

Link também foi classificado como o #1 personagem mais heroico de todos os tempos dos jogos no "Top 100 Melhores Heróis nos Vídeo Games" da GamesRadar. A GamesRadar alegou que ele é "a personificação da virtude da coragem e do heroísmo, embarcando sozinho em aventuras épicas, ajudando aqueles que precisam, não importa quão pequena a tarefa, e mostrando sua alma bondosa para todos que encontra." e "a personificação do que um herói é."

Teorias

Aviso de Teoria: Essa seção contém informações teóricas com base na pesquisa de um ou vários outros usuários. Elas não foram oficialmente confirmadas pela Nintendo e sua precisão é contestada.

Reencarnação

Uma teoria comum a respeito do porque cada encarnação do Link é semelhante e tem habilidades similares, é que eles são reencarnações um do outro. É notável que quando Demise coloca uma maldição sobre o Link e Zelda de Skyward Sword, ele afirma: "Aqueles como você... Aqueles que compartilham o sangue da deusa e o espírito do herói.", o que poderia estar se referindo a reencarnação. Deve ser notado no entanto, que o Link de The Wind Waker, o Herói dos Ventos, não poderia ser a reencarnação do Herói do Tempo, já que ele voltou para a Linha do Tempo Infantil e efetivamente desapareceu da Linha do Tempo Adulta. De acordo com o Rei dos Leões Vermelhos, o Herói dos Ventos não tem conexão com o Herói do Tempo, embora não esteja claro se ele está se referindo à relação sanguínea ou à reencarnação com esta afirmação. Vale a pena notar que Ganondorf acredita que o Herói dos Ventos é o Herói do Tempo renascido, embora sua alegação não possua nenhuma evidência concreta. O Link de Twilight Princess também não é a reencarnação do Herói do Tempo já que, de acordo com a Hyrule Historia, ele não só encontrou o Herói do Tempo como a Sombra do Herói, mas também é seu descendente.

Parentes

Outra teoria a respeito do porque cada encarnação de Link é semelhante a outra é que eles estão realmente relacionados entre si. Isso é suportado pelo fato de que o Herói do Tempo é o ancestral do Link de Twilight Princess, como também é afirmado em A Link to the Past que a Espada Mestra só pode ser puxada do seu pedestal por aqueles que carregam a linhagem dos Cavaleiros de Hyrule. É possível que quando Demise afirmou: "Aqueles como você... Aqueles que compartilham o sangue da deusa e o espírito do herói," quando ele colocou uma maldição sobre Link e Zelda, ele estava se referindo ao "espírito do herói" como uma forma de vontade ou um conjunto de traços de personalidade, em vez da própria alma. Se este for o caso, isso poderia explicar a conexão de cada Link com a Triforce, bem como as suas habilidade físicas, místicas e espirituais.

Isso pode significar que quando ele estava dizendo "Aqueles que compartilham o sangue da deusa", ele estava se referindo aos descendentes de Link e Zelda de Skyward Sword, como as outras encarnações de Links, em vez da Família Real de Hyrule, sendo que um motivo alternativo para a Família Real possuir poderes mágicos é a Força da Luz, como sugerido em The Minish Cap. Isso explicaria por que o Link enfrenta outros adversários além de Ganon, com Zelda (ou outros membros da Família Real) algumas vezes não estando presente para apoiar o lado do bem em jogos como Majora's Mask e Link's Awakening. O texto Japonês afirma que o ódio de Demise e a Tribo do Demônio irão passar por uma "evolução", o que pode significar que a maldição poderia envolver outros vilões, além do próprio Ganon.

Se cada Link está relacionada ao outro, eles não precisam estar relacionados ao longo de uma única linha de descendentes. Por exemplo, o Herói dos Ventos não pode ser um descendente direto do Herói do Tempo, já que o mesmo voltou para a Linha do Tempo Infantil imediatamente após sua vitória sobre Ganon, sendo um jovem pré-adolescente no corpo de um adolescente, mas como o Herói dos Ventos pode ser da linhagem do Link de Skyward Sword, a teoria ainda se mantém. É possível que a razão pela qual a Espada Mestra só pode ser puxada do pedestal por alguém que carrega a linhagem dos Cavaleiros de Hyrule é uma decisão subconsciente de Fi, a qual é o espírito da Espada Mestra.

Madas

É possível que na linguagem Hyliana contemporânea durante os eventos de Skyward Sword, o nome de Link talvez seja "Madas" quando pronunciado. Isto explicaria porque Fi, quando fala com Link em diálogos que usam seu nome, geralmente diz "Madi Madas", com "Madi" possivelmente sendo "Mestre" no idioma. Alternativamente, é possível que as palavras de Fi são jargões usados repetidamente no jogo, semelhante a Midna em Twilight Princess.

Aviso de Teoria: As teorias terminam aqui.

Etimologia

O nome de Link é baseado em seu status como um "link" entre o jogador e o mundo do jogo, como foi afirmado por Eiji Aonuma em uma entrevista: "Quando um jogador está jogando um jogo de Zelda, o meu desejo é que o jogador tornar-se realmente o Link— é por isso que nós o nomeamos de link, assim o jogador está ligado (linked) ao jogo e à experiência."

Curiosidades

  • Em A Link to The Past, Link's Awakening, Oracle of Ages, Oracle of Seasons, The Minish Cap or qualquer outro título 2D da série, quando Link olha para o leste, ele balança sua espada como se fosse destro, devido ao sprite de Link ser invertido horizontalmente. Isso também acontece quando Link faz o Ataque Circular entanto está virado para o leste, girando na direção oposta da que ele normalmente faria.
  • Em A Link to the Past, devido à paleta de cores limitada dos SNES, o cabelo de Link aparece como rosa.
  • Usando as Botas de Ferro na piscina do Laboratório do Lago e comparando com o gráfico de medição, Link possuí 1,7 m de altura com um adulto em Ocarina of Time.
  • Imagens iniciais de Majora's Mask mostram Link com um item semelhante a uma Máscara de seu rosto adulto. Isso levou muitos a acreditar que uma versão adulta de Link era originalmente planejada para estar no jogo. No entanto, a Máscara não está presente na versão final e provavelmente foi substituída pela Máscara da Divindade Feroz. Conceitos de arte para um Link adulto também aparecem no livro Hyrule Historia, com a explicação de que sua inclusão pode ter sido um protótipo para a forma Divindade Feroz. Além disso, o modelo e as animações da Divindade Feroz são baseados no Link empunhando a Espada de Biggoron como um adulto em Ocarina of Time.
  • Como a Sombra do Herói em Twilight Princess é o Herói do Tempo, isso faz com que Twilight Princess seja o primeiro jogo a contar com um Link tendo uma conversa adequada por si mesmo, ao contrário de respostas simples escolhidas pelo jogador ou expressões durante o jogo, como também ter dois Links de era diferentes se encontrando.

Galeria

Link

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória