FANDOM


A Linha do Tempo (Timeline em Inglês) dita a ordem dos jogos canônicos na série Legend of Zelda. Sua cronologia precisa de eventos tem sido muito debatido entre os fãs. Em 21 de Dezembro de 2011, a Nintendo lançou o livro Hyrule Historia, que continha uma linha to tempo oficial criada pelo atual diretor da série Zelda, Eiji Aonuma .

Mesmo com o lançamento de uma linha do tempo oficial, ainda é possível que esta ordem oficial seja mudada no futuro. Muitas vezes no passado, os criadores da série fizeram insinuações quanto à ordem da série ou confirmaram certas conexões, mas muitas dessas "revelações" foram substituídas por materiais mais recentes, jogos e declarações, ao ponto que a linha do tempo geral foi considerado relativamente pouco importante pelos criadores. Grande parte da ambiguidade da cronologia da série Legend of Zelda é devido ao fato de que os jogos acontecem em séculos ou mesmo milênios diferentes, com muitas encarnações diferentes de Link, Zelda, Impa e outros personagens. Algumas das outros confusões surgem como resultado de traduções erradas ou localização. O processo de localização da Nintendo of America durante a época do NES/SNES era ter um empregado de língua japonesa traduzindo diretamente o texto, e um empregado da NOA (sem o pré-requisito de compreender Japonês) pegar o Inglês literal e reescrevê-lo para se adequar a gramática e cultura americana. O homem mais frequentemente atribuído a esta tarefa era Daniel Olsen.

Linha do Tempo Única

Aviso de Spoiler: Detalhes sobre o enredo e/ou do final a seguir:

Criação do Mundo

Creation of Hyrule

Hyrule foi formado muitos séculos atrás através das obras das três Deusas Douradas: Din, a Deusa do Poder, Nayru, a Deusa da Sabedoria, e Farore, a Deusa da Coragem. Antes dos espíritos e da vida existirem, essas três deusas desceram sobre o caos que era Hyrule. Din, com seus fortes braços flamejantes, cultivou a terra, criou a terra vermelha, e foi assim responsável pela criação geográfica de Hyrule. Nayru derramou sua sabedoria sobre a terra e deu o espírito de lei para o mundo, trazendo ordem a um reino anteriormente caótico. Farore, com sua rica alma, criou todas as formas de vida que defendem a lei estabelecida por Nayru.

A Era da Deusa Hylia

Quando os trabalhos das três grandes Deusas estavam concluídos, elas partiram do mundo para os céus. As três Deusas deixaram para trás um símbolo de seu poder, a toda-poderosa relíquia conhecida como Triforce, que quando dominada em sua totalidade iria conceder o desejo do coração da pessoa que a empunha. Elas confiaram o poder supremo nas mãos de Sua Graça, a Deusa Hylia, para protegê-la. O Rei Demônio Demise, querendo tomar o mundo para si, reuniu um exército de monstros e juntos lançaram um ataque contra o povo da Superfície, assassinando-os e causando desgraças em uma tentativa de colocar suas mãos no poder protegido por Hylia.

Hylia

Hylia reuniu os humanos sobreviventes em um pedaço de terra e a enviou para O Céu, além das nuvens e fora do alcance do mal que assolava a terra. A fim de mantê-la longe das mãos de Demise, Hylia também enviou a Triforce para o céu e escondeu os portais para as três peças da Triforce dentro da Torre Celestial, e guardou a Espada da Deusa dentro da Estátua da Deusa, para ser encontrado por um herói escolhido no tempo certo. Agora que os seres humanos estavam a salvo, a Deusa e as cinco tribos que viviam na superfície juntaram forças e selaram Demise, restaurando a paz à terra, embora a deusa tenha sofrido "ferimentos graves".

A Era do Céu

SS Skyloft Artwork

Celéstia permaneceu no céu acima das nuvens por gerações, com o conhecimento sobre a Superfície e as origens de Celéstia tendo tornado-se mera lenda. Apesar de seu conhecimento cada vez menor a respeito de suas origens, o povo de Celéstia ainda sabia sobre a Deusa Hylia e acreditava que ela vigiava eles até hoje, sem saber que ela estava vivendo entre eles numa forma mortal.

No dia do 25º aniversário da Academia de Cavaleiros de Celéstia, Zelda é levada à superfície pelo Lorde Dêmonio Ghirahim em uma tentativa de reviver Demise. Naquela noite, Link é despertado pela voz de um espírito misterioso, que se revela como o Espírito da Espada da Deusa, criado pela Deusa Hylia com a finalidade de auxiliar o herói escolhido por Hylia no cumprimento de seu destino. Guiado por Fi, Link viaja até a superfície em busca de Zelda, a qual estava sendo guiada por Impa para purificar seu corpo nas estátuas da deusa para despertar como a encarnação da deusa Hylia. Enquanto Zelda e Impa escapavam de Ghirahim para o passado, Link sai em uma missão para purificar a Espada da Deusa e a fortalecer para torná-la a Espada Mestra. Depois de viajar ao passado, Zelda revela sua verdadeira identidade para ele, e como tal deve permanecer em um sono profundo para manter Demise preso dentro de seu selo. Link viaja de volta para o presente e depois de aprender a Canção do Herói, ele encontra a Triforce e deseja a destruição de Demise.

Heraldo Muerte contra Link SS

Depois de Zelda despertar de seu sono, Ghirahim estando enfurecido, a sequestra e a leva de volta ao passado, onde Demise ainda estava vivo. Link segue Ghirahim ao passado para um confronto final, mas é incapaz de impedir o ritual para reviver Demise. O antigo Rei Demônio escapa de seu selo, engole Zelda como O Aprisionado e retorna à sua forma original. Demise anuncia a sua intenção de tomar o mundo para si agora que Hylia se foi, mas dá a Link a oportunidade de duelar com ele em outro reino pelo destino do mundo. Depois de uma luta feroz, Link derrota Demise e o fere fatalmente. O Rei Demônio cai, parabenizando Link, mas o avisa que esse não é o fim, e que o seu ódio iria renascer como um ser para buscar a dominação do mundo, e acabar com aqueles com o sangue da deusa e o espírito do herói num ciclo sem fim. Link levanta sua espada e absorve os restos mortais do Rei Demônio para a Espada Mestra.

Link retorna da batalha para encontrar Zelda e Groose, e os três voltam ao Templo de Hylia, onde eles se encontram com Impa e se preparam para retornar ao seu próprio tempo. A pedido de Fi, Link coloca a Espada Mestra em um pedestal no Templo Selado, deixando ela e sua parceira para trás, agora que seu objetivo de guiar Link havia sido concluído. Dizendo adeus a Impa antes de ela destruir o Portal do Tempo, os três regressam ao seu próprio tempo, onde a paz havia retornado e os residentes de Celéstia deram os seus primeiros passos na Superfície.

A Era do Caos

Após a derrota de Demise, o mundo criado pelas Deusas Douradas e vigiado pela deusa Hylia, ficou conhecido como Hyrule.

Os descendentes dos povos que viviam em tempos antigos sob a proteção da deusa Hylia ficaram conhecidos como Hylianos. Eles nasceram com o sangue infundido com magia, dotando-os de poderes psíquicos e habilidade em feitiçaria. Acredita-se também que as orelhas pontudas dos Hylianos os permitem ouvir as mensagens dos deuses.

Hyrule teve muitos anos de paz, no entanto, a lenda da Triforce e seu poder foi desejado por muitas pessoas, e uma onda de caos caiu sobre a terra de Hyrule, enquanto as pessoas tentaram tomar esse poder para si próprias. Para proteger o poder sagrado, Rauru, o Sábio da Luz, selou a entrada para o Reino Sagrado dentro do Templo do Tempo, com a Espada Mestra e as Pedras Espirituais protegendo as barreiras na sua entrada. O Templo da Luz, localizado no centro do Reino Sagrado, tornou-se o local de repouso da Triforce, enquanto Rauru permaneceu no templo para proteger a relíquia sagrada.

A Era de Prosperidade

HyruleInPeace

Aqueles com o sangue da Deusa Hylia, renascida como Zelda, criaram o reino de Hyrule. O Castelo de Hyrule foi construído no centro da terra, vigiando o Templo do Tempo, que estava protegendo o Reino Sagrado e a Triforce.

Muitos anos se passaram após a criação do reino. Dentro da Família Real de Hyrule, como descendentes da Deusa, muitos nasceram com um poder especial que existia em seu interior e a princesa seria frequentemente chamada de Zelda, em honra a lenda histórica.

A Era da Força

O Herói dos Homens

Hero of Men

As eras se passavam e o Reino de Hyrule continuava a se desenvolver em paz, até que um dia a terra foi subitamente dominada por criaturas malignas que desceram sobre ela em enxames, conduzindo o mundo para as sombras e deixando o reino quase em ruína. Cuando Hyrule estava a beira do colapso, a pequena raça Minish apareceu do céu e deu ao Herói dos Homens a Lâmina Picori e a mágica Força da Luz. Usando estes dois presentes especiais, o herói afastou as bestas e restaurou a luz para a terra de Hyrule.

Para garantir que as bestas não poderiam trazer mais destruição para o reino, o Herói dos Homens selou todas elas dentro do Baú Selado. Selando o baú com a própria Lâmina Picori, o Herói dos Homens foi capaz de trazer um á guerra e trouxe paz ao reino. A Força da Luz foi incorporada dentro da princesa de Hyrule para evitar o seu uso indevido, brilhando sobre as terras de dentro de sua governanta.

O Herói da Espada Quádrupla

Artwork Link Minish TMC

Certo ano, em comemoração a quando os Picoris vieram pela última vez a Hyrule há 100 anos atrás, era celebrado o Festival Picori. O Castelo de Hyrule estava realizando um torneio de combate com espadas em honra ao herói da lenda. O campeão do ano que foi um homem misterioso chamado Vaati. Ele venceu o torneio com uma facilidade quase mágica, e em toda Hyrule se ouvia rumores sobre esta figura sombria. Durante a cerimônia após o torneio, Vaati quebrou a sagrada Lâmina Picori e abriu o Baú Selado, o qual, por uma era, havia sido selado pela Lâmina Picori, prendendo monstros dentro dele. Vaati estava atrás da Força da Luz, a luz dourada que foi empunhada pelo herói mencionado nas lendas dos Picoris. Ele subjugou os guardas do castelo e transformou a Princesa Zelda em pedra antes de escapar.

O Rei Daltus pediu ao jovem Link para procurar os Picoris e pedir a eles para reforjarem a lâmina sagrada. Viajando para o Bosque Minish, ele conheceu Ezlo, o qual o ajudou a encontrar os Picoris, ou Minish como eles chamavam a si mesmos. Link reuniu-se com o ancião do Vilarejo Minish, que lhe disse que para poder reforjar a espada sagrada dos Picoris ele precisaria dos quatro Elementos, as formas personificadas dos poderes sagrados de terra, fogo, água e vento. Uma vez que ele tenha reunido os Quatro Elementos, Link leva a Lâmina Picori - agora conhecida como Espada Branca - ao Santuário Elemental escondido dentro do pátio do Castelo de Hyrule. Lá, ele infunde a Espada Branca com os elementos, restaurando completamente a sagrada Espada Quádrupla; uma lâmina lendária com o poder de dividir um guerreiro em quatro.

Enquanto isso, Vaati havia feito uma lavagem cerebral no Rei Daltus e envolveu o Castelo de Hyrule em escuridão. Ele havia descoberto que a sagrada Força da Luz na verdade tinha sido transmitida através das Princesas de Hyrule, e assim ele se preparou para extrair a Força da Luz da Princesa Zelda. Link corre para ajudá-la e, depois de vencer Vaati, ele usa o poder de banir o mal da Espada Quádrupla para restaurar a Princesa Zelda. Vaati havia sido um Minish, um aprendiz de Ezlo, que também era um Minish. Ezlo havia feito um gorro mágico com o poder de conceder desejos, mas Vaati tinha roubado e o usado para se tornar um poderoso feiticeiro. Ele havia transformado o próprio Ezlo em um gorro, então começou a caçar a Força da Luz. Agora que Vaati havia caído, o gorro dos desejos poderia ser usada para restaurar Hyrule. A Princesa Zelda colocou o gorro e desejou com todo seu coração que as crueldades de Vaati fossem desfeitas. Com seu desejo justo e o poder da Força da Luz que ainda permanecia dentro dela, muitos milagres aconteceram como resultado e a paz voltou para a terra de Hyrule.

A Ressurreição do Mago do Vento

A paz retornou brevemente para o reino de Hyrule, já que Vaati foi dado como morto, mas de repente, ele reapareceu para aterrorizar a terra uma vez mais. Já não se lembrando de seus dias como um Picori, ou seu desejo de obter a Força da Luz, fez para si um lar no Palácio dos Ventos, e se nomeou de o Grande Feiticeiro do Vento, Vaati. Com o poder de controlar o vento a sua vontade, Vaati começou a causar um alvoroço, usando esse terrível poder para aterrorizar muitas aldeias de Hyrule. Em seus ataques a aldeias, Vaati raptava todas as garotas bonitas que chamavam sua atenção.

Four Swords - Vaati

Muitos cavaleiros do castelo e outros homens corajosos tentaram impedir o feiticeiro e resgatar as garotas, mas cada um deles caíram diante do impressionante poder de Vaati. Justo quando as pessoas começaram a perder a esperança, um jovem solitário viajando com nada além de uma espada ao seu lado apareceu. Quando esse menino ouviu o que estava acontecendo, ele disse apenas: "Eu vou derrotar esse feiticeiro." Ele corajosamente entrou palácio de Vaati, aprisionou misticamente o feiticeiro do mal dentro da lâmina de sua espada, e devolveu as jovens para as suas aldeias. O menino então foi para dentro da floresta e desapareceu.

Os aldeões perguntaram as garotas como um menino tão jovem poderia ter salvo todas elas e derrotado o feiticeiro quando ninguém mais podia. As garotas contaram uma história de como, com apenas um movimento de sua espada, o corpo do garoto se dividiu em quatro pedaços, cada uma das quais então formaram uma cópia exata do garoto. Estes quatro jovens então trabalharam juntos para derrotar o feiticeiro. O povo não acreditou na história, mas chamara a lâmina de Espada Quádrupla no entanto. Quando os rumores do poder da lâmina para dividir uma pessoa em quatro entidades se espalharam, as pessoas construíram um santuário para protegê-la.

A Derrota do Mago do Vento

Four Swords Intro

Por gerações Zelda e seus descendentes conseguiram selar a Espada Quádrupla, mas um dia o selo enfraqueceu. Zelda estava no Castelo de Hyrule quando sentiu que algo incomum estava ocorrendo no Santuário da Espada Quádrupla. Ela pediu a um menino chamado Link, em quem ela confiava acima de qualquer outra pessoa, para acompanhá-la para investigar os acontecimentos no santuário. Ao se aproximarem do santuário para verificar o selo, uma figura sombria apareceu de repente e agarrou a Princesa Zelda. O selo de Vaati havia enfraquecido ao longo do tempo, e Vaati conseguiu se libertar de sua prisão dentro da Espada Quádrupla.

Ainda não tendo nenhuma lembrança de seu tempo como um Picori, ou do poder da Força da Luz, Vaati não reconheceu a princesa e viu ela apenas como uma bela donzela. Ele decidiu que ela viria a se tornar sua noiva para comemorar seu retorno e partiu com ela para seu palácio. Depois de ter sido instruído por fadas, Link pega a Espada Quádrupla de seu pedestal e é dividido em quatro, como a lenda predisse. As Grandes Fadas podiam ajudar Link a chegar ao Palácio dos Ventos, mas não até que ele se provasse corajoso o suficiente. Depois de viajar ao longo de três diferentes terras e superar as masmorras que elas continham, Link e suas três cópias confrontaram o mago do vento no Palácio dos Ventos, a sede do poder de Vaati. Depois de uma árdua batalha entre o feiticeiro e os heróis, Link foi capaz de selar Vaati na lâmina da Espada Quádrupla. A Princesa Zelda e o povo de Hyrule uma vez mais vigiaram atentamente a Espada Quádrupla.

A Era do Herói do Tempo

O Reino de Hyrule em Caos

Artigo Principal: Guerra Civil Hyruleana

Por razões não especificadas, Hyrule entrou em um período de guerra feroz. Durante esta guerra, uma mulher Hyliana fugiu dos fogos da guerra e entrou na Floresta Kokiri, dando seu bebê recém-nascido, chamado de Link, para a Grande Árvore Deku para ser criado como um Kokiri. Finalmente a guerra terminou e o Rei de Hyrule unificou seu país.

O Garoto Seguido por uma Fada

Ootmastersword

Quando o bebê havia se tornado um jovem rapaz, ele teve muitas noites de insônia por causa de pesadelos de um maligno homem do deserto atormentado seu sono. Um dia, a Grande Árvore Deku enviou a Fada Companheira Navi para convocá-lo. Depois de derrotar o monstro Gohma dentro da própria Árvore Deku, o guardião da floresta revelou que ele havia sido amaldiçoado pelo maligno Ganondorf e implorou que Link levasse Pedra Espiritual da Floresta, a Esmeralda Kokiri, para a Princesa Zelda no Castelo de Hyrule. Link correu para o Castelo de Hyrule para se encontrar Zelda, a qual disse a ele que Ganondorf conspirava para se apropriar do poder sagrado da Triforce. Ela e Link planejaram obter a Triforce antes de Ganondorf. Link iria reunir as outras Pedras Espirituais necessárias para abrir a Porta do Tempo, e ela iria tocar a Ocarina do Tempo para abrir a porta.

Depois de recuperar as duas Pedras Espirituais restantes , Link volta para o Castelo de Hyrule, mas acaba vendo fugindo de Ganondorf. Durante sua fuga, Zelda jogou o Ocarina do Tempo no fosso do Castelo para Link a encontrar. Depois de um breve confronto com Ganondorf, Link recupera a Ocarina e foi para o Templo do Tempo. Com todas as chaves na mão, ele abriu a Porta do Tempo e removeu a Espada Mestra de seu pedestal, abrindo a entrada para o Reino Sagrado. Como Link era muito jovem para ser o Herói do Tempo, o espírito de Link foi selado no Templo da Luz por sete anos.

O Despertar do Herói do Tempo

OoT Link Ganon Artwork

Com os portões do Reino Sagrado desprotegidos, Ganondorf foi capaz de entrar e tomar a Triforce para si. No entanto, uma vez que seu coração não estava em equilíbrio, o Príncipe das Trevas ficou apenas com a Triforce do Poder. Apesar disso, Ganondorf foi capaz de usá-la para conquistar a terra de Hyrule, já que o Herói do Tempo dormiu por sete anos. Depois de utilizar a Triforce e corromper o Reino Sagrado, ele fez com que a corrupção se infiltrar-se nos templos dos Sábios, os quais passaram a ser infestados com todos os tipos de monstros, a fim de que os Sábios não fossem capaz de cumprir os seus deves e ajudassem link.

Quando Link despertou depois de sete anos, ele encontrou Hyrule em ruínas. Seguindo as instruções de Sheik e Rauru, Link conseguiu limpar os templos e ajudar cada um dos Sábios a despertar. Por um conselho de Rauru, ele voltou para o Templo do Tempo, onde encontrou Sheik o esperando. Seu misterioso aliado se revelou como sendo ninguém menos do que a Princesa Zelda, portadora da Triforce da Sabedoria e a sétima Sábia, líder de todos eles. A reunião foi interrompida quando a Princesa foi raptada por Ganondorf. Com a ajuda dos Sábios, Link abriu caminho para o topo da Torre de Ganon, limpando o caminho até Ganondorf para o confronto final entre o Herói do Tempo e do Rei do Mal.

Divisão da Linha do Tempo

Link finalmente confrontou o Rei do Mal em uma batalha final dentro de sua torre. Quando Link derrotou Ganondorf, ele escapou da torre com Zelda enquanto o castelo desmoronava em torno deles. No entanto, enquanto os dois olhavam os escombros, Ganondorf emergiu. Enfurecido por sua derrota e alimentado pela Triforce do Poder ainda dentro dele, ele se transformou em Ganon, um ser de pura maldade, e desafiou Link uma última vez. Link conseguiu enfraquecer Ganon para que Zelda e os Seis Sábios pudessem o selar no Reino Sagrado. Uma vez que a batalha terminou, Zelda usou o Ocarina do Tempo para retornar Link para o seu próprio tempo, antes de ele ter removido a Espada Mestra de seu pedestal. Link, de volta no passado, foi então até Zelda, e juntos eles convenceram o rei sobre a traição de Ganondorf graças as peças da Triforce que eles possuíam. Ganondorf foi preso e selado por sua conspiração. Devido a Zelda ter enviado Link de volta no tempo, ela alterou para sempre o curso da história de Hyrule, dividindo-o em dois.

No entanto, em uma realidade alternativa, Link foi derrotado por Ganondorf. Apesar de seus esforços, ele não conseguiu derrotar o Rei do Mal, aparentemente condenando o Reino de Hyrule para sempre.

Linha do Tempo do Herói Caído

A Linha do Tempo do Herói Caído é a linha do tempo em que Link, o Herói do Tempo, apesar de seus esforços, foi derrotado por Ganondorf na batalha final. Ganondorf obteve as peças restante da Triforce de Link e Zelda,e foi posteriormente selado dentro do corrompido Reino Sagrado pelos Sete Sábios. Esta ramificação da Linha do Tempo contém os eventos de A Link to the Past, Oracle of Ages e Seasons, Link's Awakening, A Link Between Worlds, The Legend of Zelda, e The Adventure of Link nessa ordem.

Ganondorf Obtém a Triforce Completa

Após o Herói do Tempo ser derrotado nas mãos de Ganondorf, o Rei do Mal extraiu a Triforce da Coragem de Link e a Triforce da Sabedoria de Zelda. Ao obter o verdadeiro poder da Triforce completa, ele se transforma no Rei Demônio Ganon. Em um último recurso desesperado, os Sete Sábios selam Ganon, juntamente com a Triforce completa no Reino Sagrado, o qual já havia sido transformado no Mundo das Trevas como um reflexo do coração corrompido de Ganondorf.

A Guerra do Aprisionamento

Artigo Principal: Guerra do Aprisionamento
SevenWiseMen

Hyrule aproveitou um breve período de paz, mas quando rumores sobre o Poder Dourado que se encontrava no Reino Sagrado se espalharam, Hyruleanos cheios de cobiça viajaram para o Reino Sagrado para o procurar, mas nenhum deles nunca retornou. Dentro do Mundo das Trevas, eles foram transformados em monstros pelo poder da Triforce e tornaram-se uma parte do exército de Ganon. A medida que esse exército se tornou maior, eles começaram a escapar do Reino Sagrado e atacaram Hyrule.

O Rei de Hyrule comandou os Sete Sábios da época a selarem o portal de entrada para o Mundo das Trevas, a fim de deter a invasão ao reino de Ganon. Os Sete Sábios fizeram isso sob a proteção dos Cavaleiros de Hyrule. Os Cavaleiros de Hyrule suportaram o ataque dos monstros de Ganon, e enquanto eles lutavam corajosamente até o final, eles foram quase inteiramente exterminados enquanto cumpriam os seus deveres. No entanto, suas vidas não foram perdidas em vão, já que eles conseguiram o tempo necessário para que os Sete Sábios criassem o selo, prendendo as forças de Ganon no Mundo das Trevas e impedindo a invasão. Embora tenha tido um custo muito elevado, com isso, a guerra havia terminado em uma vitória para Hyrule. No entanto, o povo de Hyrule alegrou-se com a restauração da ordem e da paz para seu reino, graças aos esforços dos Sete Sábios e dos Cavaleiros de Hyrule.

Após a destruição do reino durante a Guerra do Aprisionamento, a linhagem dos Hylianos diminuiu significativamente em comparação ao que era na era do Herói do Tempo. O poder dos sábios diminuiu também, eo reino se tornou uma mera sombra de sua antiga glória.

A Era da Luz e das Trevas

O Feiticeiro Agahnim

Agahnim

O Reino de Hyrule permaneceu em paz por muitos anos, até que a terra foi repentinamente atormentada por uma série de infortúnios. O Rei de Hyrule ofereceu uma recompensa para qualquer um que pudesse acabar com eles. Foi então que o Feiticeira das Trevas Agahnim apareceu. Usando uma magia desconhecida, o misterioso estranho colocou um fim nos desastres. Ele foi então proclamado um herói e dito como sendo a segunda vinda dos Sete Sábios. Como recompensa por seus serviços, o rei o nomeou conselheiro chefe e sacerdote do Castelo de Hyrule. Agahnim utilizado esta posição e sua magia para fazer lavagem cerebral em todos os soldados de Hyrule, destitui o Rei de Hyrule, e fez seis das Donzelas, descendentes dos Sete Sábios, desaparecerem no Mundo das Trevas. Ele fez isso a fim de quebrar o selo de Ganon, para que ele pudesse governar tanto o Mundo da Luz como o das Trevas. Sua última vítima restante foi a própria Zelda. Enquanto a princesa estava em sua cela, ela usou telepatia para chamar Link, o qual morava próximo ao castelo com seu Tio.

Link acordou no meio da noite para encontrar o seu tio saindo de casa armado com uma espada e um escudo. Apesar das advertências de seu tio, Link seguiu a chamada telepática até a masmorra do castelo, onde ele encontrou seu tio morrendo. Com seu último suspiro, o tio de Link o entregou a espada e o escudo, e disse a Link que ele era o herdeiro dos Cavaleiros de Hyrule. Link invadiu o castelo e resgatou Zelda, deixando-a aos cuidados do sacerdote no Santuário. O sacerdote disse a Link para procurar Sahasrahla, o ancião do Vilarejo Kakariko.

ALttP-FS Link

Sahasrahla diz a Link para buscar os três Pingentes da Virtude, a fim de descobrir a Espada Mestra escondida no fundo do Bosque Perdido. Link encontra estes pingentes no Templo do Lestre, no Palácio do Deserto e na Torre de Hera. No entanto, uma vez que ele tenha obtido a espada lendária, as forças de Agahnim atacam o Santuário e sequestram Zelda. Link se aventura no Castelo de Hyrule novamente, só para ver Agahnim enviar Zelda para o Mundo das Trevas diante de seus olhos. Link derrota Agahnim no topo do Castelo de Hyrule, mas Agahnim uso o que sobrou de sua magia para enviar Link para o Mundo das Trevas também. O Mundo das Trevas era uma dimensão retorcida que transformava qualquer pessoa em um reflexo do seu verdadeiro eu. A forma que Link adota no Mundo das Trevas é de um coelho rosa. Ele só foi capaz de permanecer em sua forma humana com a ajuda da Pérola da Lua.

Uma vez preso no Mundo das Trevas, Link podia usar o Espelho Mágico para viajar entre os mundos e resgatar as Donzelas que ficaram presas nos palácios do Mundo das Trevas. Durante suas aventuras, Link descobre que Agahnim era meramente um peão de Ganon. Ele escalou a Torre de Ganon e encontrou Agahnim no topo. Link derrota Agahnim mais uma vez, mas então viu Ganon se erguer para fora do corpo amassado de Agahnim. Agahnim era na verdade um alter ego de Ganon. Ganon então fugiu para a Pirâmide no centro do Mundo das Trevas, enquanto Link o perseguia. Eles se enfrentaram em uma batalha final, com Link saindo vitorioso. Após a derrota de Ganon, ele encontrou a Triforce dentro da Pirâmide. Ele a tocou, e seu desejo restaurada a paz de Hyrule. O rei e o tio de Link retornaram à vida, e Link confiou a Triforce à Família Real.

O Desafio da Triforce

Após a derrota de Ganon, suas mães substitutas, as bruxas Twinrova, planejavam revivê-lo. Para este ritual, elas necessitavam acender as três Chamas dos Ritos das Trevas: A Chama da Destruição, a Chama da Aflição, e a Chama do Desespero, e após isso realizar um sacrifício humano. A fim de obter estas chamas, as bruxas enviaram seus asseclas: Onox, o General das Trevas, para Holodrum, e Veran, a Feiticeira das Sobmras, para Labrynna.

Um dia, quando Link visitava o Castelo de Hyrule, a Triforce o chamou para a sua câmara. Uma vez que ele colocou as mãos sobre a Triforce, ela o transportou para a terra distante de Holodrum, onde uma nova aventura começou.

A Aventura em Holodrum

Oracle of Seasons Artwork

Ao acordar em Holodrum, Link se reúne com um grupo de artistas viajantes que estavam assistindo uma dançarina chamada Din. Link dançou com Din, mas de repente apareceu um redemoinho que levou Din embora. Din era na verdade o Oráculo das Estações, e sua captura por Onox significava que as estações na terra de Holodrum foram arremessadas no caos. A única maneira de restaurar o equilíbrio das estações era coletar as oito Essências da Natureza espalhadas por Holodrum. Link foi atrás das essências, usando o mítico Cetro das Estações, a fim de manipular as estações como bem quisesse.

Assim que Link derrota Onox e resgata Din, ele é magicamente transportados para a terra de Labrynna, o local de seu segundo desafio. No entanto, mesmo depois de sua morte, as ações de Onox fizeram com que a Chama da Destruição se acendesse.

A Aventura em Labrynna

Oracle of Ages Artwork

Ao acordar em Labrynna, Link se encontra com Impa, que havia sido atacado por monstros. Ele ajudou ela a mover um bloco com o símbolo da Triforce nele. Em seguida, ambos se encontraram com Nayru, a qual estava cantando para os animais.

De repente, uma sombra saiu de Impa e possuiu Nayru, a qual era na verdade o Oráculo das Eras. A sombra era Veran, que havia usado o corpo de Impa para enganar Link. Veran usou as habilidade de viajar no tempo de Nayru para voltar no tempo e alterar o passado. Veran influenciou a Rainha Ambi no passado para construir a sinistra Torre Negra. Link precisa usar a Harpa das Eras para viajar entre o presente e o passado, a fim de recolher as oito Essências do Tempo e desafiar Veran no alto da Torre Negra. Após completar sua missão, Link foi capaz de expulsar Veran para fora do corpo da Rainha Ambi e derrotá-la, mas era tarde demais: a Chama da Aflição havia se acendido.

O Retorno de Ganon

Para acender a terceira e última chama, as Twinrova sequestram a Princesa Zelda, a qual havia chegado em Labrynna. Isso iria completar ritual sombrio delas e acender a Chama do Desespero. No entanto, Link as desafiou e as matou em batalha. Como um último esforço para concluir o sacrifício necessário para reviver Ganon, as bruxas ofereceram seus próprios corpos e reviveram o Rei das Trevas. No entanto, devido ao ritual estar incompleta, Ganon retornou como um animal irracional. Link enfrentou Ganon e o derrotou, restaurando a paz em Holodrum e Labrynna.

A Aventura Dentro de um Sonho

Link's Awakening Art

Em sua viagem pelo mar de volta a Hyrule, Link se encontrou com uma terrível tempestade. As ondas e ventos dominaram seu barco e o afundaram. Link acordou, tendo sido levado pelo mar até uma ilha conhecida como Koholint. Ele foi resgatado por Marin, uma jovem que tinha uma impressionante semelhança com a Princesa Zelda. Após a suas tentativas de sair da ilha, seus habitantes insistiram que não havia nada além do mar. Ele descobriu que a única maneira de sair da ilha era coletar as oito Instrumentos das Sereias e acordar o Peixe Voador que dormia em um ovo no topo do Monte Tamaranch.

Depois de viajar por toda a ilha e obter os instrumentos, Link viaja para o topo da montanha e toca a Balada do Peixe Voador e luta contra o Nightmare. Após a derrota do Nightmare, ele revela que se o Peixe Voador despertar, a ilha desapareceria, já que ela era apenas um sonho do Peixe Voador.

Uma vez que Link tenha derrotado o Nightmare e desperte o Peixe Voador, ele acorda agarrado nos restos de seu navio, à deriva no mar aberto. O paradeiro de Link após esta aventura é desconhecido.

A Triforce Dividida Novamente

ALBW Painting 5

Algum tempo depois dos acontecimentos do Grande Cataclismo e da derrota do Rei Demônio Ganon, e após as aventuras de Link em Holodrum e Labrynna, a Triforce foi dividida. Ganon, apesar de estar selado na escuridão depois de sua derrota nas mãos de Link, obteve a Triforce do Poder, que permaneceu selada com ele. A localização da Triforce da Coragem é desconhecida, mas dizem estar escondida no coração do herói eterno.

Um Vínculo Entre Dois Mundos

Artwork A Link Between Worlds

Séculos após a derrota de Ganon, a paz de Hyrule é mais uma vez abalada pelo aparecimento repentino de um bruxo misterioso e enigmático conhecido como Yuga. Com sua mágica cruel, ele invade Hyrule de um outro mundo, transformando os descendentes dos Sete Sábios em pinturas. Link, um jovem aprendiz de ferreiro tenta impedir Yuga, mas Yuga consegue não só adquirir todos os Sete Sábios na forma de pinturas, mas a Princesa Zelda também. Ele se retira para o seu mundo, Lorule, enquanto Link o persegue, usando o poder de um bracelete que lhe foi dado pelo misterioso vendedor Ravio.

Mas já era tarde demais para impedir Yuga. Usando a sua magia e a dos Sete Sábios, ele é capaz de libertar Ganon. Junto com a Triforce do Poder, Yuga e Ganon são unidos como um só, e utilizando este poder, Yuga deseja consumir Hyrule e Lorule. Link é protegido contra o ataque da fera por Hilda, a princesa de Lorule e a contrapartida sombria de Zelda, a qual que insiste que Link resgate os Sete Sábios, os quais foram enviados para os confins de Lorule. Com Hilda segurando Yuga e orientando Link em sua busca, ele consegue resgatar os Sete Sábios e, com o poder deles, despertar a Triforce da Coragem em si mesmo.

Tomando a Triforce, ele corre para desafiar Yuga no Castelo de Lorule, apenas para encontrar Hilda esperando por ele na Sala do Trono. Aqui, ela revela a verdade; foi ela quem enviou Yuga para obter os Sete Sábios e libertar o Rei Demônio. Tomando a Triforce da Sabedoria do retrato da Princesa Zelda, ela explica a história do seu reino. Lorule uma vez teve sua própria Triforce, mas foi destruída por seus antepassados ​​há muito tempo atrás para impedir as guerras intermináveis ​em busca do poder dela. No entanto, sem uma Triforce em seu mundo, o reino se desintegrou, monstros ergueram-se e o mundo tornou-se sombrio e corrupto. Após ouvir sobre um outro mundo com a sua própria Triforce, ela enviou Yuga para obter as chaves para destrancar a Triforce do Poder, e manipulou Link para obter a Triforce da Coragem.

ALBW-Yuga-and-Link-Fight-Artwork

Convocando Yuga, ela exige que ele pegue a Triforce da Coragem de Link. Yuga, usando o poder de Ganon, ataca o herói, mas Link luta bravamente e derrota Yuga, ao que Hilda exige que ele renuncie da Triforce do Poder para ela. No entanto, Yuga desobedece sua governanta, e usando a sua magia nela, ele a transforma numa pintura, se fundido com ela e obtendo a Triforce da Sabedoria dela, tornando-se mais forte do que nunca. Em uma batalha final desesperada, Link, com a ajuda da Princesa Zelda, finalmente derrota Yuga. Após sua derrota, Hilda e Zelda retornam ao normal, nas ainda Hilda ainda deseja a Triforce para salvar seu reino condenado. No último momento, Ravio aparece e revela ser a contraparte Loruleana de Link e uma vez súdito leal de Hilda, e pede que ela deixe que Link e Zelda retornem para Hyrule com sua Triforce. Finalmente cedendo depois de ver a luta sem sentido que isto levou não era o que seus antepassados ​​queriam, ela ajuda Link e Zelda a retornarem para Hyrule com o que sobrou do poder do bracelete, através da primeira rachadura entre os mundos que apareceu no Reino Sagrado de Lorule.

Retornando ao Reino Sagrado do seu próprio mundo, com a conexão entre os mundos tendo desaparecido, Link e Zelda encontraram a Triforce, mais uma vez completa. Ela aguarda que Link faça um desejo para ela, e com o seu desejo, a Triforce de Lorule é restaurada à sua antiga glória, e uma nova e brilhante era começa tanto para Lorule como para Hyrule.

A Era Dourada

Após a derrota de Yuga e a recuperação da Triforce, Hyrule entrou em uma era dourada de paz, em que grandes e sábios reis governaram a terra com a força da Triforce unida em seu comando.

A Era do Declínio

A Tragédia da Princesa Zelda

AoL pg5

Quando o último dos reis que usavam a Triforce antecipou sua morte, ele esperava encontrar alguém com as qualidades inatas que era apropriadas de um possuidor digno da verdadeira Triforce; pois se ela caísse em mãos erradas, Hyrule seria engolida pelo mal. Infelizmente, ele foi incapaz de encontrar qualquer pessoa durante sua vida útil. Como seu próprio filho não se encaixava nesse arquétipo, o rei escolheu dividir a relíquia nas três partes que a compõem. Após a sua morte, o príncipe, em vez de receber toda a Triforce, herdou apenas as Triforces do poder e da sabedoria. O príncipe procurou freneticamente pela Triforce da Coragem, mas foi em vão. Um Mago então veio até o príncipe e disse ele que sua irmã mais nova, Zelda, sabia a localização do objeto místico. O príncipe exigiu que Zelda passasse a informação para ele, mas Zelda se recusou e, num acesso de raiva, o Mago colocou Zelda em um sono eterno, e o Mago acabou morrendo no processo. Tomado pela dor, o príncipe selou sua irmã no Castelo do Norte e ordenou que todas as descendentes do sexo feminino da monarquia Hyliana fossem nomeadas Zelda. Como Zelda era a única que sabia a localizaçãa da Triforce da Coragem, a relíquia foi perdido e a Família Real não era mais capaz de governar usando o poder da Triforce unificada. Ninguém digno de usar a Triforce apareceu e o reino foi dividido e reduzido em tamanho.

O Mal Ressurge

Artigo Principal: The Legend of Zelda
Death Mountain LoZ

Muitos anos depois, um exército do mal atacou o pequeno reino de Hyrule e roubou a Triforce do Poder. Este exército foi liderado pelo Rei Demônio Ganon, que mais uma vez havia sido revivido e procurava mergulhar o mundo nas trevas e no medo sob seu governo. Temendo seu perverso governo, Zelda, a princesa desse reino, dividiu a Triforce da Sabedoria em oito fragmentos e os escondeu por todo o reino. Ao mesmo tempo, ela comandou a sua serva mais leal, Impa, a escapar em segredo e ir em busca de um homem com coragem o suficiente para destruir o maligno Ganon.

Desbravando florestas e montanhas, Impa fugiu para salvar sua vida e fugir de seus perseguidores. Quando chegou ao seu limite ela se viu cercada por servos de Ganon, até que um garoto apareceu, o qual habilmente derrotou os capangas de Ganon. Ouvindo a história de Impa, este jovem viajante, chamado Link, partiu para recuperar os oito pedaços da Triforce da Sabedoria. Após fazer isso, ele abriu caminho para o covil de Ganon na Montanha da Morte. Link enfrentou e destruiu o Rei do Mal, recuperou a Triforce do Poder e salvou a princesa Zelda.

A Missão do Herói para Reunir a Triforce

AoL pg4

Embora Link tenha derrotado Ganon, seus servos continuavam vivos. Aguardando o retorno do seu mestre, eles continuaram a causar caos e desordem em Hyrule. A chave para a ressurreição de Ganon era o sangue de Link - o valente jovem que derrotou o Rei do Mal. O Rei Demônio seria revivido por sacrificar Link e polvilhar o espalhar seu sangue sobre as cinzas de Ganon.

Enquanto isso, Link permaneceu no pequeno reino de Hyrule e ajudou em sua restauração. Um dia, uma marca estranha semelhante ao símbolo do reino apareceu na mão de Link quando se aproximava de seu aniversário de 16 anos. Link foi até Impa, a serva da Princesa Zelda, a qual ficou chocado quando viu a marca. Ela levou Link até o Castelo do Norte e contou a ele sobre a tragédia da antiga Princesa Zelda. A fim de reanimar a princesa, Impa confiou a Link seis cristais e um pergaminho para que ele pudesse reunir a Triforce. O pergaminho revelava a localização da Triforce da Coragem, a qual estava escondida no Grande Palácio no Vale da Morte. Link partiu em direção aos palácios para derrotar seus Guardiões Divinos e, usando cada um dos seis cristais, dissipar a barreira em torno do Grande Palácio. Depois de derrotar o Guardião final, e sua própria sombra, Link recupera a Triforce da Coragem e acorda a Princesa Zelda de seu sono.

Com a Triforce reunida pela primeira vez desde que Zelda foi colocado em seu sono, o renascimento de Ganon foi impedido e a paz finalmente retornou ao Reino de Hyrule.

Linha do Tempo Infantil

A presença do Herói do Tempo gerou uma ramificação na história, dividindo a cronologia de Hyrule. A Linha do Tempo Infantil é a linha do tempo que segue Link depois de ser enviado de volta para seu tempo original após a derrota de Ganondorf pelo Herói do Tempo. Ele alertou a Princesa Zelda e o Rei de Hyrule sobre trágico futuro que aguardava o reino caso nada fosse feito. Essa série de acontecimentos criou a linha do tempo contendo Majora's Mask, Twilight Princess, e Four Swords Adventures.

A Partida do Herói

Após alertar a Família Real de Hyrule, Link e Zelda passaram um curto período de tempo juntos. Antes de deixar Hyrule em busca de sua fada companheira Navi, a qual o deixou no final de sua missão, o jovem link foi ao Rancho Lon Lon para tomar emprestado seu cavalo Epona. Durante o último encontro de Link com Zelda, ela afirma acreditar que eles se encontraram novamente. Além disso, ela o entrega a Ocarina do Tempo como uma lembrança do tempo que passaram juntos. Ela também ensina a Link a Canção do Tempo, uma melodia que tem um significado especial para ela. Zelda afirma que ele deveria tocar essa melodia se algo visse a acontecer com ele, assim a Deusa do Tempo viria em seu auxílio.

Problemas em Termina, o Universo Paralelo

MM Art

Vários meses se passaram durante a busca do Herói do Tempo por Navi. Link se encontrava em uma floresta misteriosa, onde o Skull Kid e suas fadas companheiras Tatl e Tael encontraram o herói e roubram seu cavalo, Epona, assim como a Ocarina do Tempo. Durante a perseguição de Link, o Skull Kid o amaldiçoou e o transformou em um Deku Scrub. Tatl foi deixada para trás por Tael e o Skull Kid. A fada insistiu que Link a levasse com ele como sua companheiro, para que eles pudessem trabalhar juntos para encontrar o Skull Kid e seu irmão Tael.

Link logo descobriu que ele havia entrado em um universo paralelo chamado Termina, a qual estava ameaçada pela destruição iminente com a queda de sua Lua. Ele conhece o Vendedor da Máscara Feliz, o qual prometeu a Link que, se ele fosse capaz de recuperar Máscara de Majora do Skull Kid, ele retornaria Link para sua verdadeira forma. Skull Kid havia roubado a máscara do mal, a qual era um poderoso artefato que havia sido usado por uma Tribo Antiga para realizar rituais. O Skull Kid, possuído pela máscara, causou problemas para o povo de Termina. Ele aprisionou seus antigos amigos de infância e as divindades de Termina, os Quatro Gigantes, dentro de seus respectivos templos, amaldiçoou as quatro terras que os Quatro Gigantes criaram, e tirou a Lua de sua órbita e planeja fazer ela bater na Cidade Relógio em apenas três dias, a fim de destruir tudo em Termina.

Link então partiu em sua forma Deku, encontrando-se na Cidade Relógio no epicentro de Termina. Com a ajuda de Tatl e a Grande Fada, ele conseguiu encontrar o Skull Kid no topo da Torre do Relógio. Com um grito sobrenatural, o Skull Kid começa a fazer a L cair completamente contra a terra. Aproveitando-se disto, Link dispara uma Rajada de Bolha no Skull Kid, fazendo-o derrubar a Ocarina do Tempo. Após pegá-la, as memórias de sua partida de Hyrule voltam para Link em um flashback. Depois de ser acordado dessa visão por Tatl, ele toca a Canção do Tempo, e á imediatamente jogado de volta para a manhã em que ele entrou pela primeira vez na Cidade Relógio, três dias atrás.

O Vendedor da Máscara Feliz ensina a Link a Canção de Cura, restaurando-o à sua forma humana. O herói ganhou a Máscara Deku, a qual possuía o espírito de um Deku. Usar a máscara permitia que Link se transformasse no Link Deku novamente. Ele voltou a pedir que Link recuperasse a Máscara de Majora, afirmando acreditar na força do Herói do Tempo. Link foi aos quatro templos no Sul, Norte, Oeste e Leste, a fim de libertar os Quatro Gigantes de suas prisões e impedir a Lua de cair. Em suas viagens, Link obteve máscaras de transformações, as quais permitiam que ele assumisse as formas de heróis cujas almas ele havia curado com a Canção de Cura.

Quando Link confronta o Skull Kid novamente, ele convoca os Gigantes, fazendo com que o demônio Majora se revelasse como a fonte do mal do Skull Kid. A medida que a Lua descia sobre a Torre do Relógio, Link entra em seu interior, onde ele enfrenta Majora em uma planície de outro mundo. Uma vez que Majora seja derrotado, a jornada secreta do Herói do Tempo acaba, dando inicio ao Carnaval do Tempo. Link deixa Termina e volta para Hyrule em Epona, ainda em busca de sua companheira Navi.

A Execução de Ganondorf

Artigo Principal: Execução Ganondorf
Ganondorf Ejecución TP

Vários anos após o fracasso de sua tentativa de invasão, Ganondorf foi feito prisioneiro no Patíbulo do Deserto. Quando os Sábios Antigos tentaram executá-lo, no entanto, eles ficaram horrorizados ao descobriram que ele possuía a Triforce do Poder, eles então ativaram o Espelho do Crepúsculo e o enviaram para o Reino do Crepúsculo. Lá, Ganondorf vagou durante anos, até que ele conheceu Zant e prometeu a ele poder em troca da liberdade de sua prisão.

A Era do Crepúsculo

A Invasão do Rei das Sombras ao Mundo da Luz

Twilight

Ganondorf tomou a forma de um deus sombrio e prometeu poderes incríveis e o trono do Reino do Crepúsculo ao Twili Zant com uma condição: Zant iria fundir os mundos da Luz e do Crepúsculo, a fim de criar um mundo de trevas. Zant concordou e prometeu seu serviço eterno a seu novo mestre. Ele usou seus novos poderes para transformar o Princesa do Crepúsculo Midna em um diabrete e assumiu o trono antes de lançar sua invasão ao Mundo da Luz.

Hyrule não estava preparada para a invasão, e a Princesa Zelda logo encontrou-se com as costas contra a parede. Quando dado um ultimato por Zant de se render ou morrer, ela escolheu se render. Zant enviou seus servos sobre a terra e roubou o poder dos Espíritos da Luz que protegiam cada província, envolvendo o reino de Hyrule em um Crepúsculo.

Midna e Link

Hero's Shade

Midna descobriu a magia negra de seus ancestrais, os Invasores das Trevas, sob a forma da Sombra Fundida. Ela usou sua magia para ajudar um jovem do Vilarejo Ordon chamado Link, um descendente do Herói do Tempo, o qual ficou preso no Crepúsculo sob a forma de um lobo. A lenda Twili dizia que o Herói da Luz apareceria na forma de um animal sagrado: neste caso, um lobo. Midna fez um acordo com Link, ela o ajudaria a recuperar sua forma humana se ele a ajudasse a recolher as outras peças da Sombra Fundida para derrotar Zant. Uma vez que Midna e Link tenham limpado o Crepúsculo da terra e reunido as Sombras Fundidas, Zant aparece e rouba as Sombras Fundidas, ferindo Midna, e amaldiçoando Link para a sua forma de lobo novamente.

Midna e Link procuraram a ajuda da Princesa Zelda, a qual desistiu de sua alma para que Midna pudesse viver, e disse a Link para procurar a Espada Mestra no Bosque Sagrado. A Espada Mestra dissipou a maldição sobre Link, e permitiu a ele trocar entre sua forma humana e de lobo à vontade. Ao longo de sua aventura, Link aprende os segredos do combate do fantasma de seu antepassado, o Herói do Tempo. O herói havia vivido uma vida cheia de arrependimentos, por não ter podido ser um herói nesta linha do tempo, assim ele concedeu a sua sabedoria para seu descendente.

A fim de entrar no Reino do Crepúsculo e confrontar Zant, Midna e Link procuraram o Espelho do Crepúsculo no Patíbulo do Deserto, mas Zant havia o quebrada e espalhado os pedaços por toda a terra. Os Sábios que haviam executado Ganondorf apareceram para os dois e contaram a eles sobre o envolvimento de Ganondorf com a escuridão que assolava a terra. Midna e Link reuniram os pedaços do espelho e entram no Reino do Crepúsculo, e Link derrotou Zant em um combate. Zant não se preocupou, no entanto, vangloriando-se de que seu deus Ganon iria revivê-lo. Em sua fúria, Midna recuperou a Sombra Fundida e usou seu poder para destruir Zant completamente.

Ganon Link TP

Link e Midna foram ao topo do Castelo de Hyrule, a fim de lutar contra o Rei das Trevas, que estava em posse do corpo sem vida de Zelda. Ele possui o corpo dela e obrigou Link e enfrentar a Princesa. Ao derrotar ela, Midna revive Zelda e Link derrota Ganon em sua forma animal. Midna usa a Sombra Fundida para se tornar um monstro aterrorizante e sua luta com Ganon acaba destruindo o próprio castelo. Midna transporta Link e Zelda para as Planícies de Hyrule, onde eles Link enfrenta Ganondorf a cavalo, e finalmente o derrota em combate, cravando a espada no seu peito. Ganon tentou usar a Triforce do Poder para reviver a si mesmo, mas descobriu que seu poder havia o deixado.

Midna foi restaurada a sua verdadeira forma como a bela Princesa do Crepúsculo, e se despediu de Link e Zelda ao voltar para o Reino do Crepúsculo. Quando partiu, ela quebrou o Espelho do Crepúsculo para garantir que seu poder nunca fosse usado de maneira errada novamente. Link volta para o Vilarejo Ordon; no entanto, mais tarde ele parte com Epona de sua cidade natal.

A Era das Sombras

Fourswordsposter-0

Centenas de anos após a morte de Ganondorf, o povo de Hyrule havia se reconciliado com a tribo de Ganondorf, os Gerudos, e pareceu por um tempo que a paz prevaleceria na terra. No entanto, um novo Ganondorf nasceu na tribo Gerudo, o qual era a reencarnação do Rei das Trevas que foi derrotado pelo Herói Escolhido pelos Deuses, e violou as leis de sua tribo ao entrar na antiga Pirâmide. Ele roubou o Tridente da Pirâmide e depois roubou o Espelho das Trevas do Templo das Trevas. O espelho serviu como prisão para uma Tribo das Trevas que, há muito tempo atrás, invadiu o reino. Ele possuía a habilidade de refletir o perverso coração de seu portador, dando origem a criaturas demoníacas.

Ganondorf planejava para libertar o antigo feiticeiro Vaati de sua prisão dentro da Espada Quádrupla, e criou uma cópia sombria de Link, o Link das Sombras, com o Espelho. As nuvens das trevas cobrindo a terra deixaram Zelda inquieta, ela então reuniu as Seis Donzelas para renovar o selo sobre Vaati. Naquele momento, o Link das Sombras aparece e espalhou as donzelas por toda Hyrule com seus poderes. Link então sacou a espada de seu pedestal, dividindo-se em quatro, assim como nos tempos antigos. No entanto, isto libertou Vaati de sua prisão para causar caos. Ganon usou o Link das Sombras para abrir brechas para o Mundo das Trevas, puxando os quatro Cavaleiros de Hyrule para seu domínio e os transformando em Stalfos.

Os quatro Links viajaram por toda Hyrule para resgatar as Donzelas, e descobriram que Ganon era o responsável por trás da escuridão que assolava Hyrule. Eles obtiveram as quatro Joias dos Cavaleiros, e fizeram o seu caminho até a Torre dos Ventos, onde eles enfrentam Vaati e o próprio Ganon, destruindo Vaati e selando Ganon dentro da Espada Quádrupla para sempre.

Linha do Tempo Adulta

A presença do Herói do Tempo gerou uma ramificação na história, dividindo a cronologia de Hyrule. A Linha do Tempo Adulta é a linha do tempo que segue os enventos após Link ser enviado para o seu tempo original, seguindo a derrota de Ganandorf nas mãos do Herói do Tempo na batalha final e seu posterior selamente no corrompido Reino Sagrado pelos Sete Sábios. Essa série de acontecimentos criou a linha do tempo contendo Majora's Mask, Phantom Hourglass, e Spirit Tracks.

A Era sem um Herói

Artigo Principal: Grande Inundação

Normal opening 4

Muitos anos após a vitória do Herói do Tempo, o selo dos Sete Sábios começou a enfraquecer por um motivo desconhecido, e Ganondorf conseguiu escapar de sua prisão. Ganondorf pretendia cumprir sua ameaça que fez ao Herói do Tempo e as Sete Sábios de que ele iria escapar um dia para fazer seus descendentes pagarem por seu aprisionamento.

O povo de Hyrule esperava que o Herói do Tempo fosse aparecer para salvá-los, mas o herói nunca apareceu. Sem outra escolha, eles suplicaram aos deuses. Os deuses responderam suas preces por instruir aqueles escolhidos a se refugiarem no topo das montanhas antes de inundaram Hyrule, mantendo Ganon e seu exército presos no tempo debaixo das ondas.

O povo de Hyrule então construiram uma nova civilização na superfície do Grande Mar e, com o passar do tempo, esquecereram sobre a velha Hyrule que ainda existia abaixo do mar. Na Ilha Inicial , surgiu uma tradição de fazerem os garotos usarem o traje verde do Herói do Tempo ao chegarem a certa idade.

A Era do Grande Mar

The Wind Waker Scene

Abaixo do mar, Ganon foi revivido e procurou os dois sábios que rezavam pelo poder da Espada Mestra. Ele os matou a fim de acabar com o poder da espada de repelir o mal e para poder alcançar a superfície do mundo. Ele construiu uma base na Fortaleza Abandonada e a encheu com o seu exército sombrio. Ele procurou todas as jovens com orelhas longas e pontudas, na esperança de que ele iria capturar a descendente da Princesa Zelda. Em resposta, o Rei Daphnes Nohansen Hyrule também despertou e usou seus poderes para guiar um barco chamado de o Rei dos Leões Vermelhos no mundo da superfície.

Na Ilha Inicial, um jovem chamado Link fez aniversário e recebeu a roupa do herói para vestir por um dia. Infelizmente, este foi o dia em que o terrível pássaro chamado Rei Helmaroc atacou a ilha, levando a capitã pirata chamada Tetra. O pássaro derrubou Tetra na ilha, mas partiu levando a irmã de Link, Aryll. Link juntou forças com os Piratas da Tetra, a fim de invadir a Fortaleza Abandonada e resgatar Aryll. O Rei Helmaroc capturou Link quando ele alcançou a cela de Aryll, e o levou até Ganon. Ganon achou que o menino era inútil, assim o pássaro o jogou no mar. Por sorte, o Rei dos Leões Vermelhos resgatou Link e o levou até a Ilha Taura. Junto com o bastão mágico chamado de Batuta dos Ventos, eles viajaram através do Grande Mar, a fim de recuperar as Pérolas das Deusas e abrir o portal para Hyrule. Link ergue a Torre dos Deuses para a superfície e prova seu valor para ser um herói, passando em seus teste. Ele então se aventura no antigo Reino de Hyrule submerso e saca a Espada Mestra de seu pedestal.

Com a Espada Mestra em mãos, Link vai desafiar Ganon na Fortaleza Abandonada, mas Ganon diz a ele que a espada era impotente contra ele, pois ela não possuía o poder de repelir o mal. Link retorna para Hyrule com Tetra, onde o Rei dos Leões Vermelhos se revela como sendo o Rei de Hyrule e Tetra como sua descendente, a Princesa Zelda. Link então procura os Sábios da Terra e do Vento, a fim de restaurar o poder da Espada Mestra. Ele despertou Medli como a Sábia da Terra e Makar como o Sábio de Vento. Suas orações restauraram o poder da Espada Mestra. Link então procurou a Triforce da Coragem, a qual havia sido dividida em oito pedaços quando o Herói do Tempo retornou ao seu próprio tempo. Armado com a Triforce e a Espada Mestra, Link voltou para o reino submerso e desafiou Ganon no topo de sua torre.

Ganon conseguiu nocautear Link e unir os pedaços da Triforce, com a intenção de desejar ser o governante de Hyrule. No entanto, antes que ele pudesse tocar a Triforce para fazer seu desejo, o Rei Daphnes Hyrule Nohansen tocou a Triforce e desejou que Hyrule sumisse para sempre, de modo que seus descendentes pudessem construir um novo futuro acima do mar. Ganon ficou irritado, e enfrentou Link e Zelda. Link, com a ajuda das Flechas de Luz que Zelda disparou, conseguiu cravar a espada na testa de Ganon, o transformando em pedra, enquanto as ondas o afundavam junto com Hyrule novamente. O Rei, ficando para trás para ser enterrado sob as ondas junto com o seu reino, enviou Link e Zelda de volta ao mundo da superfície, a fim de começarem seu novo futuro.

A Era da Grande Viagem

PHCoverArt

Após derrotar Ganon, Link e Tetra partiram em uma nova viagem. Eles chegaram às águas governadas pelo Rei do Oceano para investigar os rumores sobre um misterioso Navio Fantasma que estava aterrorizando o oceano. O Navio Fantasma apareceu e Tetra saltou a bordo e foi capturada. Link tentou salvá-la, mas caiu no oceano. Ele acordou na Ilha Mercay e conheceu Ciela, a fada, e seu "avô", Oshus.

Link conheceu um capitão chamado Linebeck, o qual o deixou usar seu navio. Depois de procurar por pistas no Templo do Rei do Oceano com a ajuda da Ampulheta Fantasma, Link resgatou os Espíritos do Poder e da Sabedoria, e descobriu que Ciela era o Espírito de Coragem. Link então embarcou no Navio Fantasma a fim de resgatar Tetra, a qual havia sido transformada em pedra. Oshus revelou-se como o Rei do Oceano e disse a Link que um monstro do mal chamado Bellum havia drenado a força vital dela e afirmou que a única coisa que poderia derrotar Bellum era a Espada Fantasma.

Link percorre os mares para encontrar os três Metais Puros para forjar a Espada Fantasma. Ele então se aventura novamente no Templo do Rei do Oceano para enfrentar Bellum. Link derrota Bellum, mas Bellum acaba possuindo Linebeck e o força a lutar sob a forma de um poderoso cavaleiro. Link foi capaz de derrotar Bellum sem causar danos a Linebeck, e restaurou Tetra à vida. O Rei do Oceano devolve Link e Tetra para o seu mundo, onde apenas dez minutos se passaram desde que eles o deixaram. Link não tinha certeza se toda a aventura havia sido um sonho, mas ele então vê que estava carregando uma Ampulheta Fantasma vazia, e vê Linebeck navegando a distância.

A Era do Renascimento de Hyrule

ST Artwork

Tetra e seus piratas da Tetra eventualmente desembarcam em um novo continente, onde a Torre dos Espíritos encontrava-se erguida. Ela fundou um novo reino aqui, chamado de Nova Hyrue, conectado pelos Trilhos Espirituais, os quais percorriam toda a terra. Tetra decretou que seus soldados deveriam usar um uniforme verde, como aquele usado pelo Herói dos Ventos.

Um século após a fundação do reino, os trilhos começaram a desaparecer. A descendente de Tetra, a Princesa Zelda, deu ao Engenheiro Real chamado Link um Uniforme de Recruta e se juntou a ele para investigar a Torre dos Espíritos. Link vivia com Niko, o último membro remanescente da tripulação pirata de Tetra.

Em seu caminho para a Torre, o Chanceler Cole revelou-se como um demônio cujo objetivo era reviver o Rei Demônio Malladus que havia sido selado sob a Torre dos Espíritos nos tempos antigos. Cole e Byrne roubam o corpo de Zelda e deixam na forma de um espírito. Link e Zelda procuram ajuda da Anjean, a sábia Lokomo, a qual diz que eles devem restaurar a Torre. Em forma de espírito, Zelda foi capaz de possuir os Espectros que percorriam a Torre dos Espíritos e ajuda Link a alcançar o topo da Torre. Link e Zelda restauram a Torre dos Espíritos viajando por toda Hyrule e quebrando as barreiras em cada templo para que pudessem alcançar o Rei Demônio no topo. Uma vez que eles chegaram ao topo da torre, Malladus é reanimado, e Link vai até o Reino das Trevas, a fim de derrotá-lo. Quando Malladus é destruído e Zelda volta a seu corpo, os Lokomos partem para o céu, tendo cumprido seu dever de proteger Hyrule.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória